conecte-se conosco


Cidades & Geral

Onda de frio persistirá até madrugada de sexta; Moradores de rua recebem cobertores

Publicado

O frio que se abateu sobre Tangará da Serra e toda a metade sul de Mato Grosso, além do Sul e do Sudeste brasileiros, deverá persistir ao menos até a madrugada da próxima sexta-feira (02.07). É o que confirmam os principais sites de meteorologia do país.

Segundo o portal Clima Tempo e o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), a friagem segue com mínimas entre 8°C e 9°C nas madrugadas de quarta (30) e quinta-feira (01.07). Nestes dois dias, as máximas ficarão entre 22 e 28 graus celsius.

Na sexta-feira, as temperaturas já assumem uma curva ascendente, com mínima de 12°C e máximas de 31 graus. No sábado e no domingo, as temperaturas ficarão na casa dos 14°C, nas mínimas, e na faixa dos 32 graus nas máximas (Veja imagem abaixo).

Amenizando o frio, o sol voltou a aparecer em Tangará da Serra na tarde desta terça-feira e deverá dividir o céu com nuvens esparsas ao longo da semana. O calor volta a predominar na região a partir da próxima semana.

Origem polar

A onda de frio desta semana decorre de uma forte frente fria vinda do sul do continente e que desde a noite de domingo avança pelo interior do Brasil. É o que se chama de frente fria continental, derrubando as temperaturas na virada de junho para julho.

Leia mais:  Esquema de sonegação no comércio de combustíveis renderá inquérito e multas de R$ 40 milhões

De origem polar, esta é a mais forte frente fria que ocorre em 2021, dominando parte do interior da América do Sul e tendo pouco contato com o oceano nos primeiros dias de sua atuação, o que aumenta o poder de frio e secagem do ar.

Cobertores

A Secretaria Municipal de Assistência Social (SEMAS) realizou a distribuição de cobertores para moradores em situação de rua de Tangará da Serra. A ação ocorreu na tarde de ontem (segunda, 28), quando os termômetros marcavam temperatura de 10ºC na cidade.

Moradores em situação de rua ficam muito expostos ao frio e, por isso, correm riscos.

De acordo com a secretária Ana Lúcia Adorno, os cobertores do programa “Aconchego”, da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc), levam um pouco de conforto e atenção para essas pessoas, que ficam muito expostas às baixas temperaturas e, por isso, correm riscos.

Secretaria de Assistência Social pede para que as famílias de baixa renda, que necessitem de cobertores, procurem uma das unidades do CRAS do município. Basta ir até um dos CRAS (Vila Araputanga, Monte Líbano ou Rio Preto) e solicitar o cobertor. É preciso estar no Cadastro Único da Assistência Social (CadÚnico).

Leia mais:  Greve dos Caminhoneiros: Associação descarta paralisação em Tangará; MT não adere à greve

publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  Efeito Capitólio: Estado faz vistoria nos paredões do Parque de Chapada dos Guimarães

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana