conecte-se conosco


Cidades & Geral

Município avalia três áreas para Hospital Regional; Desapropriação por decreto é opção

Publicado

Após sinalização positiva do governo estadual, através do próprio governador Mauro Mendes (DEM), a prefeitura de Tangará da Serra negocia em três frentes para definir a área que abrigará o Hospital Regional.

A informação vem do gabinete do Executivo Municipal, em resposta a questionamento da redação do Enfoque Business, após polêmica sobre o assunto que circulou nas redes sociais nos últimos dias.

Governador Mauro Mendes sinalizou positivamente sobre HR e vistoriou área junto ao anel viário.

A resposta oriunda do gabinete do Executivo é que uma das áreas em negociação é a mesma que foi vistoriada pela comitiva do governador Mauro Mendes, que visitou a cidade no dia 13 de maio passado, nas comemorações do 45º aniversário do município. A área – que possui 72 mil m² e seria a primeira opção para o HR – fica junto ao entroncamento (rotatória) do Anel Viário de Tangará da Serra com avenida Alvadi Monticelli (foto cabeçalho), ao lado da sede do Centro de Tradições Nordestinas (CTN).

Leia mais:  Tangará da Serra: Decreto confirma funcionamento dos supermercados aos sábados até às 20h00

O município também abriu negociação com outras duas áreas, mas o Executivo Municipal não informou a localização destas.

A área tida como opção inicial, disponibilizada ainda em 2018 pelo município, no governo de Pedro Taques (PSDB), foi descartada por não ter a dimensão necessária para abrigar a estrutura hospitalar e, também, em razão de entraves que surgiram na negociação com os proprietários. O terreno com negociação encerrada está localizado junto à Avenida Inácio Bittencourt, proximidades do Cristo Redentor, entrada da cidade para quem chega de Nova Olímpia.

Ainda segundo o Executivo Municipal, caso não haja êxito em nenhuma das três negociações em andamento, o município poderá optar pela desapropriação por decreto, por se tratar de relevante interesse público.

Estrutura

Orçado em R$ 75 milhões e projetado pela SES-MT – Secretaria Estadual de Saúde – a unidade hospitalar vai contar com 141 leitos de enfermaria e 40 de UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

Leia mais:  Feira do Centro: É tempo de pequi, um fruto do cerrado que combate o envelhecimento
publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  Responsável por lixo jogado no Queima Pé é identificado, multado e denunciado no MP

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana