conecte-se conosco


Saúde Pública

Município aplicará 21 mil doses, em 3 turnos, a partir de 2ª feira; Novo local de vacinação é anunciado

Publicado

Os trabalhos de imunização contra o novo coronavírus serão intensificados a partir da próxima segunda-feira (19), em Tangará da Serra. Ao todo, serão aplicadas, nos próximos 10 dias, mais de 21 mil doses.

As doses compõem um grande lote de 177.250 doses destinadas pelo Ministério da Saúde a municípios de Mato Grosso localizados na faixa de fronteira.

Mutirão

O mutirão foi anunciado em entrevista coletiva na manhã desta sexta, pelo prefeito Vander Masson e pela secretária municipal de Saúde, Gicelly Zanata.

Mutirão foi anunciado em entrevista coletiva pelo prefeito Vander Masson e pela secretária de Saúde, Gicelly Zanata.

Na segunda e na terça-feira (19 e 20), serão aplicadas 4 mil doses, conforme cadastro. A vacinação acontecerá na Clínica da Família (No link abaixo, lista dos cidadãos cadastrados).

https://tangaradaserra.mt.gov.br/site/wp-content/uploads/2021/07/oficio-143-2021-lista-convocacao-entre-40-e-59-anos-sem-comorbidade-9-lista-1.pdf

A lista acima, divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde corresponde à 9ª e última lista de convocação da população com mais de 40 anos para receberem a 1ª dose da vacina contra a COVID-19.

Imunização sem cadastro

Provavelmente neste sábado (17), o município receberá do Ministério da Saúde a remessa das 21.570 doses do imunizante Astrazeneca/Fiocruz para aplicação já a partir desta segunda-feira (21), em três turnos.

Leia mais:  Covid-19: Em risco moderado desde o dia 1º de julho, Tangará tem queda de 41% nos casos ativos

O público-alvo destas doses incluem, além dos 4.000 já cadastrados, cidadãos com idade a partir de 18 anos, com a 1ª dose da vacina contra o vírus. A vacinação será em ordem decrescente de idade.

Para receber estas doses, não há necessidade de cadastro, sendo necessário apenas apresentação de documentos pessoais e comprovação de domicílio na cidade (título de eleitor ou outro documento em nome do beneficiado).

“Vamos fazer um grande esforço, uma grande força-tarefa. Nossa meta é imunizar, com a primeira dose, essas 21 mil pessoas em, no máximo, 10 dias, a partir de segunda. Mas vamos nos esforçar para fazer essa imunização em sete dias”, disse o prefeito Vander Masson.

Faixa de fronteira

Além de Tangará da Serra, estão localizadas em região de fronteira (ilustração acima) os municípios de Araputanga, Barão de Melgaço, Barra do Bugres, Cáceres, Campos de Júlio, Comodoro, Conquista d’Oeste, Curvelândia, Figueirópolis d’Oeste, Glória d’Oeste, Indiavaí, Jauru, Lambari d’Oeste, Mirassol d’Oeste, Nossa Senhora do Livramento, Nova Lacerda, Poconé, Pontes e Lacerda, Porto Espiridião, Porto Estrela, Reserva do Cabaçal, Rio Branco, Salto do Céu, São José dos Quatro Marcos, Sapezal, Vale de São Domingos e Vila Bela da Santíssima Trindade.

Leia mais:  COVID-19: Primeiro óbito é registrado em Tangará da Serra; Paciente estava internada em UTI de hospital particular

Locais de Vacinação

Centro Cultural será local extra de vacinação na cidade, a partir de terça-feira (20).

O Plano Municipal de Vacinação contará com novo local para aplicação da vacina. Além do ponto de imunização tradicional, na Clínica da Família, o município, em parceria com a Assembleia Legislativa, implantará um novo ponto de vacinação no Centro Cultural, que deverá entrar em funcionamento a partir da próxima terça-feira (20).

Organização de horários

Para uma melhor organização na aplicação das doses durante o mutirão, a Secretaria Municipal de Saúde definiu o horário das 07 às 08hs para vacinação de gestantes, lactantes e caminhoneiros. Já o horário das 08 às 09h terá como prioridade os cidadãos que receberão a 2ª dose. A partir desse horário, até às 20hs, a vacinação ocorrerá de acordo com as faixas etárias.

Segundo a Assessoria de Comunicação da prefeitura, a população deverá ficar atenta ao site da Prefeitura, redes sociais oficiais do Município e aos órgãos de imprensa (TV, rádio, jornais, sites), pois serão amplamente divulgadas as faixas etárias, locais e horários de vacinação.

publicidade

Saúde Pública

Covid-19: Tangará e municípios vizinhos somam 2,5 mil casos ativos; Prefeito testa positivo

Publicado

O alto potencial de transmissão da variante ômicron do coronavírus tem representado altos números na pandemia da Covid-19 em Tangará da Serra e região anexa.

Levantamento realizado pelo Enfoque Business com base em dados da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) considera os números da pandemia em 13 municípios na região polarizada por Tangará da Serra, que soma 52.030 casos confirmados de Covid-19, com 895 óbitos, desde o primeiro registro da doença, em março de 2020.

Este número aponta que, na área avaliada (296.566 habitantes), 17,54% dos moradores já contraíram a doença.

Dos pacientes positivados desde o início da pandemia na região, 48.656 se recuperaram, o que significa um índice de cura de 93,52%. O índice de recuperação mais alto entre os municípios avaliados é de Tangará da Serra (96,07%), enquanto o menor índice é de Porto Estrela (73,34%).

(*) Veja tabela a seguir:

Neste universo, os casos confirmados de Covid-19 entre o dia 1º de janeiro e ontem (24/01) somaram 5.710. Destes, 2.549 estão ativos, com 164 pacientes internados. Tangará da Serra tem 100% dos leitos de UTIs ocupados e já extrapolou em 20% os de enfermaria.

Leia mais:  Tangará da Serra tem média diária de 14 novos casos de Covid-19; Junho teve 310 dos 373 registros totais

A média de crescimento de casos no período de referência é de 12,3%, com os quatro maiores percentuais verificados em Porto Estrela (35,49%), Nova Marilândia (32,22%), Denise (29,71%) e Barra do Bugres (24,84%).

Os menores percentuais de novos casos entre o dia 1º e o dia 24 deste mês estão em Nova Olímpia (0,81%), Alto Paraguai (1,72%), Sapezal (7,73%) e Tangará da Serra (8,65%).

Prefeito em tratamento

O prefeito de Tangará da Serra, Vander Masson (PSDB), testou positivo para Covid-19. Ele realizou o teste no domingo (24), quando teve os sintomas. Vander informou à redação que “está tudo sob controle”, seguindo à risca o tratamento.

No Estado

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (24.01), 601.453 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 14.205 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Dos 601.453 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 25.649 estão em isolamento domiciliar e 560.639 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 179 internações em UTIs públicas e 192 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 82,8% para UTIs adulto e em 42% para enfermaria adulta.

Leia mais:  Em Tangará da Serra, prefeito defende tratamento precoce e projeta ampliação para 20 leitos de UTI

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (117.124), Várzea Grande (44.652), Rondonópolis (39.573), Sinop (28.292), Tangará da Serra (19.623), Sorriso (18.797), Lucas do Rio Verde (17.288), Primavera do Leste (16.600), Cáceres (13.552) e Alta Floresta (12.083).

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana