conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Suspensão da pauta fiscal e a surpreendente Singapura são destaques

Publicado

A suspensão dos preços mínimos para cálculo do ICMS de produtos agropecuários, a preparação do Brasil para a 26ª Conferência do Clima, a surpreendente e altamente desenvolvida Singapura (foto topo) e as novidades em melhoramento genético são os principais destaques da primeira edição deste mês de setembro do Momento Agrícola.

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Pauta fiscal suspensa

A abordagem inicial do Momento Agrícola diz respeito a uma situação de injustiça tributária. A Secretaria da Fazenda do Mato Grosso (Sefaz-MT, foto ao lado) suspendeu, na última segunda-feira (30/8), a aplicação de preços mínimos para o cálculo do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) de produtos agrícolas. A redução atendeu a um pleito da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT).

Conforme a Portaria 161/2021, a cobrança será feita com base no valor escriturado na nota fiscal. A medida vale até 31 de dezembro e inclui as operações de saídas internas e interestaduais de milho, soja, algodão, arroz, cana-de-açúcar, feijão, girassol, milheto, sorgo e trigo.

Leia mais:  Soja: Ferrugem asiática é detectada em estação experimental de Campo Novo do Parecis

Thiago Rocha, consultor de Política Agrícola da Aprosoja MT, disse, em entrevista à Revista Globo Rural, que a mudança visa corrigir uma cobrança que, muitas vezes, era injusta. “Finalmente, saímos da era da pedra lascada”, disse ele, acrescentando que, com a nota fiscal eletrônica, esse tipo de cobrança não tinha mais sentido.

Rocha citou, como exemplo da injustiça tributária, as vendas antecipadas de milho neste ano. “Os produtores que venderam o milho há um ano por R$ 27 ou R$ 28 reais a saca por contrato antecipado eram tributados, na hora da entrega, com ICMS relativo ao preço da pauta do mês, que hoje está perto de R$ 70.”  Rocha diz que, nos casos de vendas de arroz e feijão, especialmente, a reclamação era geral na definição de preço mínimo de cada produto.

Em vendas grandes, diz Rocha, o produtor não perdia porque levava o caso à Justiça, onde há muito tempo foi reconhecida a ilegalidade da cobrança a mais. Mas os pequenos produtores acabavam ficando com o prejuízo pela dificuldade e custos de entrar com uma ação na Justiça.

Outros

Outro assunto abordado pelo Momento Agrícola, ainda no primeiro bloco, é a reunião do Instituto Pensar Agro (IPA) com o ministro do Meio Ambiente, Joaquim Leite, sobre desmatamento ilegal e a participação do Brasil na 26ª Conferência do Clima, a ser realizada em Glasgow – Escócia, de 01 a 12 de novembro próximo.

Leia mais:  Frango nosso de cada dia: Sem hormônios, mas com pesquisa, nutrição, manejo e sanidade

Sobre esse assunto, Ricardo Arioli defende a construção de um discurso comum sobre a questão ambiental para ser apresentada na conferência. Arioli faz, também, outras considerações sobre política ambiental. Vale a pena ouvir esta passagem do programa.

O Momento Agrícola também traz um material produzido por Ricardo Arioli, com Marcelo Duarte, sobre Singapura, uma cidade-estado insular situada ao sul da Malásia. Trata-se de um importante centro financeiro global, com clima tropical e população multicultural. Tem uma história recente e é notavelmente desenvolvido e com alta qualidade de vida. Em Singapura, por exemplo, está localizado o terceiro maior complexo portuário do sudeste asiático em movimentação de contêineres.

Há, ainda, no último bloco do programa, entrevista sobre o tema “O Que Vem por Aí no Melhoramento Genético”, com Alexandre Nepomuceno, da Embrapa.

Para ouvir o Momento Agrícola na Íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Reflexão, perdas com chuva e seca, projeções e entrevistas são destaques

Publicado

Os recorrentes problemas com o escoamento da safra de soja no período chuvoso em Mato Grosso, as perdas em lavouras por causas climáticas, as projeções de boas colheitas e entrevistas são os destaques do Momento Agrícola deste sábado (15).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Reflexão

Os problemas na colheita da soja em Mato Grosso renderam uma reflexão pelo Momento Agrícola. As situações negativas ocorrem em duas frentes: na colheita e no transporte da safra.

Dificuldades no transporte da safra durante período chuvoso é tema de reflexão.

O excesso de chuvas é o pivô destes problemas. Em primeiro lugar, as precipitações impedem que as máquinas adentrem nas lavouras para colher. Em segundo lugar, as chuvas danificam as estradas, dificultando o escoamento da produção.

Neste contexto, Ricardo Arioli faz um duro questionamento sobre a aplicação do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab), cujos recursos são destinados, em parte, para manutenção das estradas.

Leia mais:  IBGE prevê safra 1,9% maior em 2021, com 256 milhões de toneladas; Mato Grosso lidera

Ainda quanto ao Fethab, Ricardo Arioli comenta sobre a atuação das entidades representativas do produtor rural em questões como esta. Vale a pena ouvir a abordagem, logo no início do primeiro bloco.

Perdas

Se em Mato Grosso os problemas são as chuvas em excesso, no Sul do Brasil a situação é inversa, com a estiagem causando perdas significativas nas áreas produtoras.

A ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, já determinou uma força tarefa para avaliar todas as situações e disponibilizar mecanismos, como o seguro agrícola e outras opções.

Este é outro tema abordado no Momento Agrícola, ainda no primeiro bloco.

Outras

O Momento Agrícola comenta outras notícias relevantes no ambiente do Agro. Um deles é que, apesar dos problemas climáticos, as previsões da CONAB e do USDA são de colheitas no Brasil bem acima do esperado pelo mercado.

Outro assunto abordado refere-se aos preços da arroba bovina negociados em São Paulo, que estão se mantendo acima dos R$ 330 desde o início do ano, motivados pela retomada das importações da China.

Leia mais:  Momento Agrícola: Exportações, defesa agropecuária, retenções argentinas, ILPF e AgriHUB são os destaques

Outras atrações do Momento Agrícola são as entrevistas. No segundo bloco, Arioli conversa com Odilon Lemos, da Embrapa, sobre “Oportunidades em Soja Não Transgênica”. No terceiro e no quarto blocos, respectivamente, os assuntos abordados são “Oportunidades em Feijões e Pulses”, com Marcelo Lüders, do IBRAFE; e “Quebramento e Apodrecimento de Vagens na Soja do MT”, com Leandro Zancanaro,

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana