conecte-se conosco

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Regularização fundiária, Renovabio, energia solar e entrevistas são destaques

Publicado

A primeira edição deste mês de maio do Momento Agrícola traz, como de costume, informações relevantes sobre o agronegócio.

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Regularização Fundiária

O Momento Agrícola deste sábado iniciou com uma rápida abordagem sobre os debates em torno do Projeto de Lei 510/2021, que altera a Lei n° 11.952, de 25 de junho de 2009, sobre a regularização fundiária das ocupações em terras da União.

A matéria, de autoria do senador Irajá (PSD-TO), tem como relator o senador Carlos Fávaro (PSD-MT), na prática, visa corrigir as deficiências da atual legislação, assegurar o reconhecimento à propriedade, permitir o acesso ao crédito, garantir segurança jurídica, ao mesmo tempo em que proporcionará, através do registro da propriedade, maior precisão no controle do desmatamento e outros crimes ambientais.

Leia mais:  Com recursos do BID, MAPA investirá US$ 200 milhões em defesa agropecuária

Outras

A política nacional dos biocombustíveis – RenovaBio – e os investimentos em energia solar são outros assuntos abordados nesta edição do Momento Agrícola. Outros destaques estão nas entrevistas, com temas sobre ‘O AgriHUB e a Inovação’, através com Otávio Celidônio; ‘Os 48 anos da Embrapa e as novas tecnologias’, com Sérgio Abud, e ‘A Tendência dos preços da Soja e do Milho’, com Liones Severo, da SIM Consult.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Conjuntura do milho, manifestação em Brasília e entrevistas são destaques

Publicado

A segunda edição do Momento Agrícola deste mês de maio de 2021 traz novidades e comentários sobre o agronegócio. De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

O frio, a estiagem e o milho

O frio que chegou em Mato Grosso na semana que passou pode representar o fim do período chuvoso com o período de estiagem já se instalando. Para o agro, esta conjuntura climática tem efeitos indesejados, em especial para quem planta milho.

Com a interrupção das chuvas, a tendência é de queda na produtividade, o que trará uma série de reflexos, influenciando em várias cadeias produtivas. Com menos milho no mercado, a tendência é de alta nos custos da ração animal, o que significa aumento nos preços das carnes. Também poderá significar dificuldades no cumprimento de contratos para os produtores que anteciparam a comercialização da safra.

Leia mais:  Momento Agrícola: Diesel renovável, venda direta do etanol, logística e produção de carnes no Centro Oeste são destaques

O último boletim do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) aponta para uma queda da produtividade do milho. Ricardo Arioli faz uma análise precisa sobre esta conjuntura de mercado.

Aguentando o ‘tirão’

Nos pampas, laçar um touro bravio exige força e perícia do peão para aguentar o tranco que ocorre quando o laço atinge o alvo. Por isso, no linguajar popular gaúcho, “aguentar o tirão” significa suportar as consequências de uma ação ou atitude.

Numa analogia a esta lida campeira e ao típico linguajar gaúcho, Arioli chama atenção para a manifestação que ocorrerá em Brasília, no próximo dia 15.

O autor e apresentador do Momento Agrícola observa que o Supremo Tribunal Federal (STF) será um dos alvos da manifestação organizada por entidades e lideranças do agro e isso poderá ter algumas consequências em algumas pautas que aguardam julgamento na alta corte.

Entre estas pautas estão o tabelamento obrigatório do frete, a tributação dos defensivos agrícolas, o Funrural, a licença da Ferrogrão e a decisão sobre as condicionantes em torno da demarcação da reserva indígena Raposa Serra do Sol, em cujo contexto se inclui o marco temporal de 1988. Há, ainda, alguns conflitos judiciais sobre o Código Florestal que estão pendentes de julgamento no STF.

Leia mais:  Momento Agrícola: Algodão no exterior, exportações, alta dos alimentos, óleos e carnes são destaques da semana

Ou seja, a classe produtora terá de ‘aguentar o tirão’ após as manifestações. E o ‘boi bravio’ é o STF.

Outras

Nos blocos seguintes, o Momento Agrícola traz algumas reflexões, como ‘A Urgência da Regularização Fundiária’, em diálogo com Muni Lourenço, presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do Amazonas; ‘Os Perigos nos Contratos Rurais: Os Contratos de Venda de Grãos’, com a Dra. Letícia Baddauy; e ‘O Congresso Mundial de ILPF mostra o Brasil na frente’, com o Dr. Roberto Giolo de Almeida, da Embrapa Gado de Corte.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana