conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Reflexos da guerra, hipocrisia ambiental e entrevistas são destaques

Publicado

A abordagem inicial do Momento Agrícola é sobre o conflito entre Rússia e Ucrânia. A atitude beligerante dos russos resultou num isolamento de Moscou com as sanções econômicas, como a exclusão do sistema Swift e a suspensão de importações/exportações.

A Rússia, porém, é um dos principais fornecedores mundiais de petróleo e gás natural. Esta conjuntura, em função da guerra, já reflete nos preços do barril, que já passaram dos US$ 110 e poderão superar os 150 dólares caso a Rússia resolva estancar suas vendas do líquido fóssil.

Entretanto, segundo observa Ricardo Arioli, a Rússia depende desta venda, que responde por 43% das receitas.

O Momento Agrícola analisa esta questão, incluindo os reflexos da guerra no Brasil, que assistirá a uma (nova) escalada nos preços dos combustíveis. Estaria aí uma oportunidade para os biocombustíveis? E se o país aumentasse a oferta de farelo de soja no mercado, extraindo o óleo para fabricação de biodiesel? Ricardo Arioli responde.

Fertilizantes

Outro reflexo da guerra na Ucrânia para o Brasil está nos fertilizantes. O país depende de fertilizantes importados para tocar as suas lavouras, que representam a galinha dos ovos de ouro da economia nacional. Afinal, o Brasil importa nada menos que 85% dos fertilizantes que emprega na produção de grãos e outros produtos agrícolas.

O Momento Agrícola expõe a seguinte realidade: Boa parte do cloreto de potássio que importamos vem da Rússia, Ucrânia e Bielorússsia, justamente os países envolvidos no conflito. E ainda tem a dificuldade para transportar fertilizantes, mesmo que a Rússia queira vender, já que há um consequente afastamento da marinha mercante dos portos russos.

Ricardo Arioli aborda esta situação com muita propriedade, ainda no primeiro bloco do programa.

Hipocrisia

O Momento Agrícola traz, ainda, outras abordagens sobre os efeitos da invasão da Ucrânia. Alguns destes efeitos será a queda de muitas ‘máscaras’ e quebra de paradigmas como o uso de carvão para compensar a crise energética provocada pela guerra e (pasmem) autorização dos países europeus – como a França – para que seus produtores usem as áreas de proteção ambiental para produzir alimentos.

Pois é… Sobre estas questões ambientais e preservacionistas, a França vive nos apontando o dedo. A propósito, cabe aqui a lembrança de um conceito: “L’hypocrisie est l’art d’exiger des autres ce qui n’est pas pratique”. Traduzindo do francês: “A hipocrisia é a arte de exigir dos outros o que não se pratica”.

Entrevistas

Além de mais notícias comentadas, o Momento Agr´picola traz, em seus demais blocos, diálogos sobre “Acrimat em Ação”, com Chico Manzi, e “Nossas Armas para a Guerra Mundial de Fertilizantes”, com Flávio Wruck, da Embrapa.

Para ouvir o Momento na íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Pneu de soja, corte de impostos e ‘Famato Embrapa Show’ são destaques

Publicado

O uso do óleo de soja na fabricação de pneus, as inovações da Embrapa e outros assuntos de interesse do Agro compõem o conteúdo do Momento Agrícola deste sábado (14.05).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Pneu de soja

O primeiro destaque do Momento Agrícola deste sábado, no bloco inicial do programa, é o lançamento no mercado brasileiro, pela Goodyear, do primeiro pneu que leva óleo de soja em sua composição. Trata-se do novo Wrangler Workhorse, fabricado em Americana (SP) e voltado para picapes e SUVs.

Segundo a Goodyear, o óleo de soja substitui os derivados de petróleo na produção do pneu que, além de ser mais sustentável também tem desempenho superior ao seu antecessor, o Wrangler Armortrac. A indústria afirma que o pneu com soja é mais durável, oferecendo melhor dirigibilidade em piso molhado e mais tração em todos os tipos de terreno. Outra vantagem, segundo a Goodyear, é que o óleo de soja assegura melhor desempenho em diferentes temperaturas, com maior aderência na pista.

Outras

O Momento Agrícola também destaca as inovações da Embrapa, a organização do ‘Famato Embrapa Show’, as tecnologias desenvolvidas para o Agro, notícias sobre fertilizantes (potássio) que poderão vir da Jordânia, os cortes em impostos de produtos importados, entre outros assuntos.

Para concluir a edição deste sábado, o Momento Agrícola traz entrevistas com os temas “Até o Berro do Boi”, com Sérgio Pflanzer, da Unicamp, e “Defensores do Agro”, com o aluno Vittorio Vieira.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana