conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Plano Safra 2021/2022, royalties, Dicamba e entrevistas são destaques

Publicado

As expectativas em torno do Plano Safra 2021/2022 é o primeiro assunto abordado nesta penúltima edição de maio do Momento Agrícola. O programa é de autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli e é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido pelo Enfoque Business em forma de notícia e com o link do Soundcloud (ao final do texto).

Arioli destaca que este ano de 2020 foi bastante atípico em razão da pandemia, da seca, das chuvas em plena colheita e do consequente atraso no plantio do milho de segunda safra. Ele destaca que os produtores ainda comemoram a safra de soja recorde e que já esperam por uma quebra na safra de milho em razão da escassez das chuvas.

Outro ponto em destaque neste ano, segundo Arioli, é o próprio mercado, que apresenta altos preços da soja, do milho e das carnes., puxados pela alta na cotação do dólar e agora, também, pelos preços internacionais.

Pequenas e médias propriedades são apontadas pela CNA como prioritárias para recursos destinados a investimentos através do Pronaf e Pronamp.

Com base neste quadro, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) entregou na última quarta-feira (19) à ministra da Agricultura, Tereza Cristina, as solicitações da entidade para o Plano Agrícola e Pecuário (PAP) 2021/2022. O documento foi criado em parceria com as Federações e Agricultura e Pecuária nos Estados, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar), sindicatos rurais e produtores.

Leia mais:  Momento Agrícola: Pneu de soja, corte de impostos e ‘Famato Embrapa Show’ são destaques

As propostas consideram quatro pilares: 1) ajustes estruturantes para aumentar a oferta de crédito, como revisão da regulação prudencial a que estão sujeitas as instituições financeiras e dos custos administrativos e tributários (CAT’s) que elas cobram na operacionalização da política de crédito rural; 2) redução dos custos intrínsecos às contratações de crédito, como os custos cartorários, venda casada, e taxas que os bancos cobram para avaliar projetos; 3) prioridades dos pequenos e médios produtores e suas principais dificuldades no acesso ao crédito e seguro; 4) propostas para a melhoria da gestão de riscos.

A CNA sugere priorizar recursos para finalidades de investimento, em especial para pequenos e médios produtores (Pronaf e Pronamp), e os programas para construção de armazéns (PCA), irrigação (Moderinfra), investimentos necessários à incorporação de inovações tecnológicas nas propriedades rurais (Inovagro) e o Programa ABC.

Ricardo Arioli, que preside a Comissão de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, faz uma ampla análise sobre as expectativas em torno do PAP, considerando as demandas do setor produtivo. Vale a pena acompanhar.

Leia mais:  Momento Agrícola: Pneu de soja, corte de impostos e ‘Famato Embrapa Show’ são destaques

Outras

O Momento Agrícola também traz informações sobre a última reunião da comissão presidida por Ricardo Arioli. Entre os assuntos abordados na reunião figuraram o novo sistema de cobrança de royalties das variedades transgênicas e, também a tecnologia de resistência ao herbicida Dicamba.

Também há menção, no programa, sobre o AgTech Garage, um dos principais hubs de inovação do Agronegócio a nível mundial realizado em Piracicaba (SP). O AgTech teve 209 startups inscritas e 12 selecionadas na América Latina.

No segundo, terceiro e quarto blocos, o Momento Agrícola traz diálogos sobre ‘A Energia Renovável do Biogás’, com Alessandro Gardemann, da Abiogás; ‘A Ferramenta AnalisaCAR’, com João Adrien, do Serviço Florestal Brasileiro; e ‘A situação do Agro na Argentina’, com Pedro Vigneau, da Aapresid.

Para ouvir na íntegra o Momento Agrícola, clique no botão abaixo.

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Pneu de soja, corte de impostos e ‘Famato Embrapa Show’ são destaques

Publicado

O uso do óleo de soja na fabricação de pneus, as inovações da Embrapa e outros assuntos de interesse do Agro compõem o conteúdo do Momento Agrícola deste sábado (14.05).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Pneu de soja

O primeiro destaque do Momento Agrícola deste sábado, no bloco inicial do programa, é o lançamento no mercado brasileiro, pela Goodyear, do primeiro pneu que leva óleo de soja em sua composição. Trata-se do novo Wrangler Workhorse, fabricado em Americana (SP) e voltado para picapes e SUVs.

Segundo a Goodyear, o óleo de soja substitui os derivados de petróleo na produção do pneu que, além de ser mais sustentável também tem desempenho superior ao seu antecessor, o Wrangler Armortrac. A indústria afirma que o pneu com soja é mais durável, oferecendo melhor dirigibilidade em piso molhado e mais tração em todos os tipos de terreno. Outra vantagem, segundo a Goodyear, é que o óleo de soja assegura melhor desempenho em diferentes temperaturas, com maior aderência na pista.

Leia mais:  Momento Agrícola: Pneu de soja, corte de impostos e ‘Famato Embrapa Show’ são destaques

Outras

O Momento Agrícola também destaca as inovações da Embrapa, a organização do ‘Famato Embrapa Show’, as tecnologias desenvolvidas para o Agro, notícias sobre fertilizantes (potássio) que poderão vir da Jordânia, os cortes em impostos de produtos importados, entre outros assuntos.

Para concluir a edição deste sábado, o Momento Agrícola traz entrevistas com os temas “Até o Berro do Boi”, com Sérgio Pflanzer, da Unicamp, e “Defensores do Agro”, com o aluno Vittorio Vieira.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana