conecte-se conosco

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Os canais de Suez e do Panamá, a BR-163 e entrevistas são os destaques

Publicado

A obstrução do Canal de Suez pelo navio Ever Given foi o primeiro tema abordado no Momento Agrícola na edição desta semana. Carregado com 18.300 contêineres, o gigantesco cargueiro foi desencalhado na última segunda-feira (29), depois de seis dias de obstrução do canal.

Ricardo Arioli destaca a importância do Canal de Suez. Afinal, é por aquele atalho entre a Europa e a Ásia, passando pelos mares Mediterrâneo e Vermelho, que passam volumes consideráveis de produtos e mercadorias de todo tipo.

Fluxo aquaviário: Com bloqueio do Ever Given, outros 367 navios tiveram rota interrompida.

Em 2020, 7% dos navios que passaram pelo Canal de Suez foram navios-tanque. O tráfego de Suez também aponta para 27% de granéis e 26% de contêineres.

Ainda em 2020, também passaram pelo canal 5,9 milhões de toneladas de soja, 53 milhões de toneladas de milho e outros cereais, além de 21 milhões de fertilizantes.

Ricardo Arioli traz um rico comentário a respeito do Canal de Suez, logo no início do programa. Ele aproveita o gancho e fala também sobre o Canal do Panamá. Vale a pena ouvir.

Duplicação da BR-163

A retomada das obras de duplicação da BR-163 em Mato Grosso é outra importante abordagem do Momento Agrícola. A concessionária Rota do Oeste protocolou na última quarta-feira (31), junto à Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), a minuta do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) que propõe as ações necessárias para o saneamento das inexecuções contratuais de duplicação do trecho sob concessão da BR-163 em Mato Grosso.

Rota do Oeste apresenta o cronograma para duplicação de 336 km que restam do contrato original.

A formalização antecipa ao prazo de 30 dias concedido pela Diretoria Colegiada do órgão e publicado em 24 de março no Diário Oficial da União (DOU). Na sequência, o órgão federal fará a apreciação do conteúdo.

Leia mais:  Momento Agrícola: RU pós-Brexit, BloombergNEF e a inovação disruptiva da Agropecuária são destaques

No documento protocolado, a Rota do Oeste apresenta o cronograma para duplicação de 336 km que restam do contrato original a ser realizada nos próximos cinco anos, com a garantia da manutenção do patamar tarifário atual.

Ainda em sua proposta, a CRO se compromete a atuar em simultâneas frentes de trabalho, com foco nos pontos mais críticos: a rodovia dos Imigrantes (que contorna Cuiabá e Várzea Grande) e a região norte de Mato Grosso.

A Rota do Oeste ressalta, ainda, que parte das tratativas com o Poder Concedente é o pagamento integral das penalidades imputadas à Concessionária, com a possibilidade de reversão das mesmas em benefícios aos usuários da rodovia.

Conexão MT-PA

Sobre o assunto ‘Logística’, o Momento Agrícola também destaca a aprovação, pela ANTT, na última terça-feira (30). da publicação do edital de concessão referente ao sistema rodoviário composto pelas BR-163/230/MT/PA.

O leilão está previsto para ocorrer em 8 de julho de 2021, às 14h (horário de Brasília), na B3, em São Paulo (SP). De acordo com o planejamento, a rodovia deve iniciar em Sinop (479 km de Cuiabá) e seguir até Itaituba, no Pará.

Leia mais:  Relator avalia que, apesar dos vetos, lei que cria Fiagro será nova revolução no agronegócio

O sistema rodoviário da BR-163/230/MT/PA compreende um total de 1.009,52 km de extensão, integrando o Centro-Oeste e Norte do Brasil. O trecho é considerado fundamental para o escoamento da produção da parte paraense da Região Norte e Norte da Região Centro-Oeste, além da ligação a terminais portuários do Arco Norte (Rio Tapajós) e ao terminal ferroviário de Rondonópolis (219 km de Cuiabá).

De acordo com os estudos, o trecho rodoviário é elemento fundamental para o desenvolvimento da região, viabilizando o escoamento de áreas produtor

Entrevistas

As entrevistas produzidas pelo Momento Agrícola e apresentadas nos três blocos seguintes abordam três temas de grande importância para o Agro.

Na primeira delas, o novo presidente da ABRASS, Gladir Tomazelli, discorre sobre “As Dores do Mercado de Sementes de Soja”. Na sequência, o tema é “A Indústria de Alimentos e a Pandemia”, com João Dornellas, presidente da ABIA. No último bloco, “O Mercado do Boi Gordo em 2021” é o tema abordado com Michel Torteli, da FINPEC.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique no link abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Cigarrinha do milho, bureau verde e zoneamento estão entre os destaques

Publicado

A terceira edição do Momento Agrícola neste mês de abril mantém a tradição de trazer aos internautas informações relevantes sobre o agronegócio.

O programa é de autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, e é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido pelo Enfoque Business em forma de notícia e com o link do Soundcloud (ao final do texto).

A Cigarrinha e o Proagro

Logo na primeira abordagem, o Momento Agrícola discorre sobre uma boa notícia que chegou aos produtores de milho esta semana.

Cigarrinha provoca perdas significativas em lavouras de milho.

O Banco Central do Brasil comunicou na semana que passou (terça, 13) que o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) cobrirá as perdas decorrentes da cigarrinha (Dalbulus maidis) na lavoura de milho.

Segundo o documento, a cobertura ocorrerá porque “não se dispõe, atualmente, de método difundido de combate, controle ou profilaxia, que seja técnica e economicamente exequível”.

A nota, assinada pelo chefe do Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop), Claudio Filgueiras Pacheco Moreira, também recomenda aos agentes do programa a revisão de eventuais indeferimentos de pedidos de cobertura de operações enquadradas a partir de 1º de julho de 2020.

Leia mais:  Com alta produção e demanda externa, Agronegócio ajudou a segurar PIB durante a pandemia, diz ministra Tereza Cristina

Bureau Verde

Outra atração entre os assuntos do Momento Agrícola também envolve o Banco Central, que espera colocar em operação a partir de julho o “bureau verde” do crédito rural.

 

O novo sistema do BC, que permitirá às instituições financeiras verificar critérios socioambientais para a concessão de financiamentos para agricultores e pecuaristas, fará a integração de sete bases de dados do governo para checar, online e em tempo real, se a área a ser financiada está em dia com as obrigações legais e se atende aos requisitos de sustentabilidade.

ZSEE/MT

O Momento Agrícola deste final semana também discorre sobre a revisão do Zoneamento Socioeconômico Ecológico do Estado de Mato Grosso, cuja aprovação se encontra estagnada desde 2011.

Para isso, o governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) já promove a Consulta Pública do Zoneamento Socioeconômico Ecológico do Estado de Mato Grosso (ZSEE/MT) 2021.

Este mecanismo de gestão ambiental consiste na delimitação de zonas ambientais e atribuição de usos e atividades de acordo com as potencialidades e restrições de cada uma delas, tendo por objetivo repensar a ocupação do território mato- grossense, a apropriação de seus recursos naturais e o modelo de desenvolvimento.

Leia mais:  Momento Agrícola: ILPF, arroz de terras altas, cortes na Embrapa e mercado da carne suína são destaques

Outras

Ricardo Arioli abriu espaço no Momento Agrícola para lembrar que a prorrogação do prazo para entrega de declaração do imposto de renda (31 de maio para pessoa física e 30 de julho para jurídica) reforça a oportunidade de destinar parte do imposto a pagar a entidades assistenciais, como, por exemplo, a casa da criança e asilos de idosos.

“Nessa pandemia, há muitas pessoas desassistidas e precisando de ajuda aumentou. Vamos fazer nossa parte. É simples e o contador orienta sobre como fazer”, disse Arioli.

A soja de baixo carbono também é um dos destaques das abordagens do primeiro bloco do Momento Agrícola. Nos blocos seguintes, o programa traz outras abordagens sobre temas relevantes, como ‘O FIAgro, uma nova forma para financiar o Agro’; ‘O CRA Garantido da Cotrijal’, outra novidade para financiamento do Agro’, além de uma mensagem: “Invista no Agro você também”.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana