conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Lentidão do milho, comercialização do biodiesel e entrevistas são destaques

Publicado

As exportações de milho na atual safra, a nova modalidade de comercialização do biodiesel em 2022, os prejuízos na pecuária de corte com a suspensão das importações da China, a imprevidência do Brasil em relação às crises, entrevistas e reflexões são os destaques do Momento Agrícola deste sábado (30.10).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Milho devagar

lentidão das exportações brasileiras de milho está expressa nas posições de embarque dos portos.

A lentidão das exportações brasileiras de milho está expressa nas posições de embarque dos portos. O line-up para o cereal na última quarta-feira (27), em levantamento da Germinar Corretora de Mercadorias no Brasil, apresenta 1,662 milhão de toneladas – e 350 mil/t em importações.

A lista de registros fornecida pelas autoridades portuárias agrega navios sendo carregados, fundeados ao largo esperando atracação e os nomeados para chegar.

Esta lentidão pode ser explicada pelos impactos na produção provocados pelo atraso no plantio da safra e a seca que atingiu os estados da região Sul. Além disso, um mercado interno com forte demanda para produção de carne (ração) e etanol.

Leia mais:  Momento Agrícola: Suspensão da pauta fiscal e a surpreendente Singapura são destaques

O Momento Agrícola traz uma análise precisa sobre a conjuntura atual do milho no Brasil.

Comercialização do Biodiesel

No início deste mês (08), a ANP realizou audiência pública online sobre a regulamentação do novo modelo de comercialização de biodiesel em substituição aos leilões públicos, para atendimento do percentual de mistura obrigatória ao diesel de origem fóssil.

A nova modalidade prevê um modelo em que as distribuidoras compram o biodiesel diretamente dos produtores. A meta volumétrica compulsória individual de contratação será de 80% do contratado no bimestre anterior. Ou seja, as distribuidoras deverão adquirir pelo menos 80% do volume comprado no bimestre anterior.

Ricardo Arioli, que representou a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) na audiência, defendeu a continuidade dos leilões. Porém, o Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) ratificou, em reunião no último dia 20, a entrada em funcionamento do novo modelo de comercialização do biodiesel a partir de 1º de janeiro de 2022, sem novos leilões públicos.

O novo modelo foi estabelecido na Resolução CNPE n° 14, de 9 de dezembro de 2020. Arioli comenta sobre o assunto ainda no primeiro bloco do Momento Agrícola.

Outras

O Momento Agrícola traz, ainda no bloco inicial desta edição, uma análise crítica sobre a mistura do biodiesel no diesel e a política estadual voltada a este biocombustível.

Leia mais:  MT, PA e RO integram projeto interestadual de produção de bezerros

Também no primeiro bloco, Ricardo Arioli destaca as perdas da pecuária de corte com a suspensão das exportações da carne brasileira para a China e as oscilações para baixo do preço da arroba. Por meio de um cálculo simples Arioli estima um prejuízo de R$ 8 bilhões durante estes dois meses de fechamento do mercado chinês. Interessante ouvir essa análise.

Outra reflexão no Momento Agrícola é a falta de previsão do Brasil em relação às possíveis crises, como esta que acontece nas exportações de carne. “O Brasil não tem o costume de simular cenários de crises para entender os seus impactos e se preparar minimamente para elas (…). Poderíamos ter previsto uma crise no mercado de carnes com a China? Poderíamos ter previsto o impacto da falta de fertilizantes e defensivos? Podemos prever as consequências de uma crise no mercado de soja?”, questiona Arioli.

Entrevistas

Nos blocos seguintes do Momento Agrícola, as atrações são as entrevistas. No segundo bloco, Arioli conversa com Chico da Paulicéia, do SENAR-MT, sobre o tema “Feira de Hotifruti chegou ao Shopping”.

Nos segundo e terceiro blocos, os assuntos abordados são “Sicredi investe em startups para o Agro”, com Luís Henrique Veit, e “As startups que vão pra Conferência do Clima”, em Glasgow.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Negócios, ILP, ferrovias, Selic e entrevistas são os destaques da edição

Publicado

A compra de 30% da Sinagro pela Bunge, a ampliação da área de integração lavoura-pecuária em Mato Grosso, os pedidos de trechos para ferrovias no Brasil e entrevistas compõem a pauta do Momento Agrícola deste sábado (22).

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Negócio

Ricardo Arioli abre a edição deste sábado comentando um negócio entre grandes gigantes.

Bunge, UPL e demais acionistas da Sinagro anunciaram nessa semana acordo pelo qual a Bunge adquirirá participação de 33% na empresa. A Sinagro é uma grande revendedora de grãos e produtos agrícolas, com relevante atuação na região do Cerrado. O negócio está sujeito à aprovação pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE).

A Sinagro foi uma das primeiras empresas a aderir à Parceria Sustentável da Bunge, iniciativa pioneira lançada em 2021, pela qual a Bunge auxilia os revendedores de grãos a implantarem sistemas de avaliação socioambiental de fornecedores, incluindo monitoramento por satélite, em escala de fazenda. Os participantes do programa podem adotar serviços de imagens geoespaciais independentes ou utilizar a estrutura da Bunge sem custos.

Leia mais:  MT, PA e RO integram projeto interestadual de produção de bezerros

ILP

Em Mato Grosso, áreas com ILP cresceram mais que o dobro em seis anos.

O Momento Agrícola também traz em sua pauta uma tendência nas áreas produtivas do estado. Levantamento feito pela Embrapa mostra que as áreas com integração lavoura-pecuária (ILP) em Mato Grosso foram ampliadas de 1,1 milhão de hectares em 2013 para 2,6 milhões de hectares em 2019.

Os dados foram obtidos pela Embrapa a partir de imagens de satélite analisadas por programas de inteligência artificial. Segundo os pesquisadores, a área é equivalente a 5% do total destinado à produção agropecuária no território mato-grossense e concentra-se nas regiões próximas às unidades de referência tecnológica (URT) da Empresa.

Trilhos

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, publicou em sua conta no Twitter que o novo marco ferroviário já originou 76 pedidos de trechos ferroviários no país. O governo já autorizou 21 ferrovias, nove das quais já em fase de assinatura de contrato. Outras 12 apenas aguardam trâmites burocráticos, sendo uma delas no trecho de 508 quilômetros entre Água Boa e Lucas do Rio Verde, onde a Rumo Logística investe R$ 1,9 bilhão de reais.

Leia mais:  COP-26: Agricultura sustentável é apresentada na Europa por produtor de Tangará da Serra [VÍDEO]

Para o citado trecho, a Rumo trabalha na aquisição de 45 locomotivas e 2.142 vagões para transportar grãos, farelo, açúcar e fertilizantes. O planejamento da Rumo inclui outro trecho ferroviário, entre Rondonópolis e Lucas do Rio Verde.

Outras

Outras abordagens do Momento Agrícola deste sábado incluem o aumento da Selic previsto já na próxima reunião do Comitê de Política Monetária (COPOM). A tendência é de um aumento de 1,25%, elevando a taxa básica de juros dos atuais 9,25% para 10,5%.

Nos outros três blocos do programa, Ricardo Arioli traz mais notícias comentadas e

Entrevistas sobre “Nova Prorrogação do CAR e PRA”, com Albenir Querubini, e “A Conectividade 5G no Agro”, com Normando Corral.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana