conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Lei Kandir, chuvas, trigo, filme 3D e entrevistas são os destaques desta semana

Publicado

O Enfoque Business repercute neste final de semana mais uma edição do Momento Agrícola, programa veiculado semanalmente pela rede de rádios do Agro, com direção e produção do engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor Ricardo Arioli, de Tangará da Serra.

Os assuntos, como sempre, são os mais relevantes para o Agro de Mato Grosso e do Brasil.

Lei Kandir

O Senado aprovou na última quarta-feira (18/11) projeto de lei que efetiva acordo sobre a transferência de recursos por perdas com a Lei Kandir da União para Estados, acertado com o Supremo Tribunal Federal (STF).

O texto, que homologa o acordo celebrado no Supremo entre Estados e a União, na tentativa de solucionar o passivo, foi aprovado por 70 votos a favor e nenhum contra e seguiu para a Câmara dos Deputados.

O projeto de lei permite aos Estados, ainda no ano de 2020, receberem o valor de cerca de 4 bilhões de reais, sendo que, deste montante, uma parcela de 25% irá para os municípios.

A lei Kandir isenta do tributo ICMS os produtos e serviços destinados à exportação e tem este nome em virtude do seu autor, Antônio Kandir, à época ministro do Planejamento do Governo Fernando Henrique Cardoso.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Ricardo Arioli aborda o assunto em detalhes logo no início do primeiro bloco do Momento Agrícola desta semana. Para ele, a Lei Kandir foi fator propulsor da sojicultura no Brasil.

Chuvas

O Momento Agrícola também dá destaque às chuvas que permitiram a continuidade do plantio de soja em Mato Grosso.

O atraso nas chuvas, vale lembrar, prejudicou o início desta safra, em especial as lavouras de soja de ciclo precoce, mas a volta das precipitações devolve o ânimo nas propriedades. Ricardo Arioli observa, no programa, que a meteorologia aponta para uma melhoria nas chuvas neste resto de ano de 2020.

Outras

Há outras atrações nesta edição do Momento Agrícola. Ricardo Arioli destaca a realização do 27º Congresso Internacional da Indústria do Trigo, promovido pela Associação Brasileira da Indústria do Trigo (Abitrigo).

O evento, que será online e gratuito, acontece no dia 25 deste mês e as inscrições podem ser feitas pelo www.congressoabitrigo.com.br. Arioli destaca que Mato Grosso será um grande produtor de trigo nos próximos anos, e comenta sobre o assunto ainda no primeiro bloco do programa.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

O Momento Agrícola também destaca a produção, pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), de filme ‘3D’ sobre a agropecuária em Mato Grosso. O filme será apresentado às equipes das embaixadas mantidas por diversos países em Brasília.

Arioli também traz no programa entrevistas sobre Financiamento Verde da Traive, com Maurício Quintella; A produção de Bioinsumos On Farm, com Rogério Vian, do GAAS, e Soja Carbono Neutro, com João Adrien, do MAPA.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique no link abaixo.

 

publicidade

Agronegócio & Produção

Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Publicado

A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceira com o Sindicato Rural, realizará a partir desta sexta-feira (01.07), quatro Dias de Campo em Tangará da Serra.

Ao todo serão realizados 100 dias de campo em todo o estado. Os encontros iniciaram e junho e seguem até o dia 14 de julho, com o objetivo de divulgar os resultados já obtidos nas propriedades e reunir os produtores rurais atendidos. Por dia, até nove eventos serão realizados de forma simultânea pelo estado abrangendo as mais diversas cadeias produtivas atendidas pela ATeG em Mato Grosso. Dentre elas estão pecuária de leite, pecuária de corte, olericultura, piscicultura, fruticultura, floricultura, ovinocultura, apicultura etc.

Em Tangará da Serra, de acordo com o Supervisor da ATeG Senar, Thiago Salapata, os Dias de Campo iniciam nesta sexta-feira, dia 1º de julho, com “Bovinocultura de leite” e segue no sábado, 2, com ‘Floricultura’. Na segunda e terça-feira, dias 4 e 5, serão realizados os outros dois eventos, tratando sobre ‘Olericultura’ e ‘Fruticultura’.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

“Tangará da Serra contém essas quatro cadeias já sendo assistidas pela Assistência Técnica e será presenteada com esses Dias de Campo”, afirma,

ao destacar que em todos os dias, além de temas específicos relacionados a cadeia, falarão também sobre primeiros socorros na zona rural.

“Em todos os Dias de Campo temos uma estação específica, que são os primeiros socorros, que a gente viu a necessidade no campo, pois muitas vezes os cuidados iniciais que possam ser feitos, aumentam as chances de a pessoa chegar com vida até o socorro médico ou evita um agravamento maior por causa de algum acidente com animais peçonhentos, algum envenenamento na propriedade que possa ocorrer, por exemplo”.

As atividades serão realizadas em propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial. A participação é aberta ao público e destinado a todos os produtores rurais – mesmo que não sejam atendidos pela ATeG – profissionais da área, parceiros e estudantes. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural.

  • Data: 01/07 (sexta-feira):
Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

DIA DE CAMPO “BOVINOCULTURA DE LEITE”

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio São Gabriel/ Gleba São Paulo

 

  • Data: 02/07 (sábado)

DIA DE CAMPO FLORICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Imperial/ Comunidade São José

 

  • Data: 04/07 (segunda-feira)

DIA DE CAMPO OLERICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Santo Expedito/ Comunidade São José

 

  • Data: 05/07 (terça-feira)

DIA DE CAMPO FRUTICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio Dois Irmãos/ Comunidade Córrego das Pedras

 

(Fonte: Sindicato Rural de Tangará da Serra e Diário da Serra)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana