conecte-se conosco

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Investimento da Horsch, exportações, possível taxação e entrevistas são destaques

Publicado

A edição do Momento Agrícola desse último final de semana de fevereiro traz várias informações relevantes para quem produz e trabalha/opera no Agro.

O programa, produzido pelo engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor Ricardo Arioli, é veiculado pela rede de rádios do Agro e reproduzido semanalmente pelo Enfoque Business em formato de matéria jornalística com link da íntegra ao final do texto.

Investimento alemão

O Momento Agrícola deste sábado começa com uma boa notícia no campo dos investimentos privados. A multinacional alemã Horsch, que produz equipamentos para agricultura (foto acima), anunciou que vai investir R$ 200 milhões no Brasil para ampliar a sua operação mundial de máquinas agrícolas. Os recursos serão aplicados na construção da primeira fábrica no continente sul-americano. A planta ficará localizada em Curitiba (PR) e será uma espécie de hub para a América Latina.

No local serão fabricadas todas as linhas de produtos destinadas ao mercado Premium. A marca fabrica equipamentos para preparo de solo, plantio, semeadura, pulverização, agricultura híbrida, logística e inteligência e já está instalada há sete anos no Brasil.

A unidade já em funcionamento ocupa uma área de 18 mil m² e gera 120 empregos diretos e outros mil indiretos. Até o momento, para implantar a primeira fase, já foram investidos R$ 50 milhões. Com a nova fábrica são esperados mais empregos até sua inauguração, em 2023. A marca acaba de lançar no país uma nova adubadora e plantadeira.

Leia mais:  Momento Agrícola: Exportações, biológicos, seguro rural e ritmo do plantio de soja são destaques

Complexo soja

Outro assunto relevante abordado pelo Momento Agrícola é sobre as exportações do “complexo soja” (grão, farelo e óleo). Segundo análise da Consultoria DATAGRO, as exportações desses produtos podem ser recordes no Brasil neste ano, considerando que a estimativa para os embarques totais em 2021 é de 104,3 milhões de toneladas, o que representaria aumento de 2,8% na comparação com os 101,4 mi/t (revisto e fechado) do ano passado.

A DATAGRO destaca que os números confirmam a tendência de aumento da representatividade do setor no comércio exterior do País. Ou seja, para chegar a esse total recorde, considera-se a previsão de embarques de 85,5 mi t de soja, com 2,5% de elevação; de 18 mi t de farelo de soja (+6,1%) e o volume de 850 mil t de óleo de soja, com 23,4% de retração sobre 2020.

Proposta de taxação

O produtor e apresentador do Momento Agrícola, Ricardo Arioli, destacou a informação de que poderá ser apresentada no Congresso proposta de taxação sobre produtos importados segundo o índice de emissão de gases de efeito estufa do país exportador. Ou seja, haveria faixas de tributação e, assim, quanto maior a emissão de gases poluentes do país exportador, maior a taxação sobre o produto importado.

A proposta significaria taxas de importação maiores sobre produtos de países como China, Estados Unidos, Rússia, Índia, Japão e Alemanha, que são os países com maiores índices de emissão de gases de efeito estufa. Nos países citados, entre os vilões da emissão de gases poluentes estão as usinas térmicas (a carvão) parta geração de energia elétrica.

Leia mais:  Com foco na boa produtividade, empresas promovem treinamento sobre Tecnologia de Aplicação

O dinheiro arrecadado iria para um fundo que seria utilizado para custear serviços ambientais. Propriedades rurais estariam entre as beneficiadas pelo fundo.

Segundo Arioli, a proposta ainda demandará muita discussão antes de ser apresentada no Congresso. “Sé é que vai ser apresentada, um dia (…) A proposta mostrará que temos vantagens competitivas importantes nessas questões de sustentabilidade… Vamos ver se a proposta evolui, ou não… Estamos de olho aqui no Momento Agrícola”, destaca Arioli.

Outras

Entre outras abordagens dessa edição do Momento Agrícola consta o crescimento dos investimentos em energia fotovoltaica no país. Esse mercado volta os olhos para o agronegócio, já que as propriedades começam a se interessar pela matriz energética.

Já ao final do primeiro bloco do Momento Agrícola, Arioli fala sobre o lançamento de um inseticida biológico para controle da cigarrinha do milho.

Nos blocos seguintes, o Momento Agrícola apresenta entrevistas com os temas “O Futuro da Conectividade no campo”, com João Henrique Hummel, do Instituto Pensar Agro, “O Seguro rural e a Pandemia”, com Pedro Loyola, do MAPA, e, também, mais notícias comentadas da semana.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Cigarrinha do milho, bureau verde e zoneamento estão entre os destaques

Publicado

A terceira edição do Momento Agrícola neste mês de abril mantém a tradição de trazer aos internautas informações relevantes sobre o agronegócio.

O programa é de autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, e é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido pelo Enfoque Business em forma de notícia e com o link do Soundcloud (ao final do texto).

A Cigarrinha e o Proagro

Logo na primeira abordagem, o Momento Agrícola discorre sobre uma boa notícia que chegou aos produtores de milho esta semana.

Cigarrinha provoca perdas significativas em lavouras de milho.

O Banco Central do Brasil comunicou na semana que passou (terça, 13) que o Programa de Garantia da Atividade Agropecuária (Proagro) cobrirá as perdas decorrentes da cigarrinha (Dalbulus maidis) na lavoura de milho.

Segundo o documento, a cobertura ocorrerá porque “não se dispõe, atualmente, de método difundido de combate, controle ou profilaxia, que seja técnica e economicamente exequível”.

A nota, assinada pelo chefe do Departamento de Regulação, Supervisão e Controle das Operações do Crédito Rural e do Proagro (Derop), Claudio Filgueiras Pacheco Moreira, também recomenda aos agentes do programa a revisão de eventuais indeferimentos de pedidos de cobertura de operações enquadradas a partir de 1º de julho de 2020.

Leia mais:  Com foco na boa produtividade, empresas promovem treinamento sobre Tecnologia de Aplicação

Bureau Verde

Outra atração entre os assuntos do Momento Agrícola também envolve o Banco Central, que espera colocar em operação a partir de julho o “bureau verde” do crédito rural.

 

O novo sistema do BC, que permitirá às instituições financeiras verificar critérios socioambientais para a concessão de financiamentos para agricultores e pecuaristas, fará a integração de sete bases de dados do governo para checar, online e em tempo real, se a área a ser financiada está em dia com as obrigações legais e se atende aos requisitos de sustentabilidade.

ZSEE/MT

O Momento Agrícola deste final semana também discorre sobre a revisão do Zoneamento Socioeconômico Ecológico do Estado de Mato Grosso, cuja aprovação se encontra estagnada desde 2011.

Para isso, o governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão (Seplag-MT) já promove a Consulta Pública do Zoneamento Socioeconômico Ecológico do Estado de Mato Grosso (ZSEE/MT) 2021.

Este mecanismo de gestão ambiental consiste na delimitação de zonas ambientais e atribuição de usos e atividades de acordo com as potencialidades e restrições de cada uma delas, tendo por objetivo repensar a ocupação do território mato- grossense, a apropriação de seus recursos naturais e o modelo de desenvolvimento.

Leia mais:  MPF esclarece suspensão de embargos do Ibama sobre agricultura em reserva Paresi

Outras

Ricardo Arioli abriu espaço no Momento Agrícola para lembrar que a prorrogação do prazo para entrega de declaração do imposto de renda (31 de maio para pessoa física e 30 de julho para jurídica) reforça a oportunidade de destinar parte do imposto a pagar a entidades assistenciais, como, por exemplo, a casa da criança e asilos de idosos.

“Nessa pandemia, há muitas pessoas desassistidas e precisando de ajuda aumentou. Vamos fazer nossa parte. É simples e o contador orienta sobre como fazer”, disse Arioli.

A soja de baixo carbono também é um dos destaques das abordagens do primeiro bloco do Momento Agrícola. Nos blocos seguintes, o programa traz outras abordagens sobre temas relevantes, como ‘O FIAgro, uma nova forma para financiar o Agro’; ‘O CRA Garantido da Cotrijal’, outra novidade para financiamento do Agro’, além de uma mensagem: “Invista no Agro você também”.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana