conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Cursos do Senar, uso do Paraquate, Outlook 2030 e frigoríficos são alguns dos destaques

Publicado

A edição desta semana do Momento Agrícola traz uma gama de assuntos de grande relevância para o Agro. O programa produzido e apresentado por Ricardo Arioli discorre sobre qualificação profissional, o uso de herbicidas, projeções da produção nas próximas safras, assuntos relacionados ao mercado, entre outros destaques.

(Ao final do texto, link com o conteúdo do Momento Agrícola)

Um assunto importante é a retomada dos cursos de qualificação profissional do Senar-MT. Serão quase 1.300 ações educacionais previstas em todo o estado de Mato Grosso até o final de dezembro.

De todas as instruções, 10% são sobre normas regulamentadores (NR’s), que tratam especialmente sobre segurança no trabalho. Algumas delas são obrigatórias, como a NR 10 (serviços de eletricidade), a NR 31.8 (aplicação de agrotóxicos) e a NR 35 (trabalho em altura). A NR 33 (Espaço Confinado) é outro treinamento fundamental, já que trata de todas as normas e protocolos relacionados à prevenção da Covid-19 nas atividades agropecuárias.

Os cursos são gratuitos e abertos ao público, com vagas limitadas.

Primavera do Leste, Rondonópolis, Sinop e Sapezal são os municípios com maior oferta de cursos. Já Tangará da Serra conta com 12 cursos agendados até dezembro: NR 31.8 – Segurança no trabalho – aplicação de agrotóxico; Classificação de produtos de origem vegetal – soja e milho (outubro); Identificação e uso de plantas medicinais; Inclusão digital rural – avançado; NR 10 (básico) – Segurança em instalações e serviços de eletricidade; Operação de aeronave remotamente pilotada ‘drone’ asa rotativa; NR 12 – Segurança no trabalho – máquinas e equipamentos; Primeiros socorros; NR 35 – Trabalho em altura (novembro); Formação de brigada de incêndio – NTCB 34; NR 33 – Espaço confinado; Operação de colheitadeira de grãos (dezembro).

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Os cursos são gratuitos e abertos ao público, com vagas limitadas. Para informações, basta procurar o Sindicato Rural.

(*) Veja os cursos por município no link abaixo: https://sistemafamato.org.br/portal/senar/agenda.php

Paraquate

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou, na quarta-feira (7/10), o uso dos atuais estoques do herbicida Paraquate que estão de posse dos agricultores no manejo da safra 2020/2021. A decisão foi tomada em reunião da diretoria colegiada da Agência, atendendo demanda de representações do agronegócio e do próprio Ministério da Agricultura.

A produção, comercialização e uso do Paraquate estão proibidos no Brasil por decisão da própria Anvisa desde o dia 22 de setembro. O Momento Agrícola traz uma análise precisa sobre este assunto.

Outlook 2030

O Instituto Mato-grossense de Economia Aplicada (Imea), órgão ligado à Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato) lançou na última semana as projeções da produção agropecuária para os próximos 10 anos. Trata-se do “Imea Outlook 2030”com as projeções das principais cadeias produtivas de Mato Grosso para daqui a 10 anos.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

Segundo o Imea, a projeção de crescimento de produção agropecuária para os próximos 10 anos em Mato Grosso é significativa.

Somente para milho são esperadas 67,14 milhões de toneladas (t), nada menos que 91,5% sobre o volume colhido na última temporada (35,050 milhões t).

No caso da soja, a expectativa é alcançar 58,45 milhões t até 2030, o que corresponde ao aumento de 65,9% sobre a quantidade colhida na safra 2019/2020.

O Momento Agrícola aborda também as projeções do Imea para a cotonicultura e pecuária de corte (bovinos e suínos).

Outros

O Momento Agrícola traz, ainda, outros destaques, como a suspensão dos abates de vários frigoríficos em razão da baixa oferta de gado gordo.

E ainda: a Startup Gado Certo e a Holding Ventura, com Eduardo Farah e Robson Magnani; A proteção e o uso dos dados coletados nas propriedades rurais, com Márcio Albuquerque; E os desafios do novo chefe da Embrapa Soja, Dr. Alexandre Nepomuceno.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

 

publicidade

Agronegócio & Produção

Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Publicado

A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceira com o Sindicato Rural, realizará a partir desta sexta-feira (01.07), quatro Dias de Campo em Tangará da Serra.

Ao todo serão realizados 100 dias de campo em todo o estado. Os encontros iniciaram e junho e seguem até o dia 14 de julho, com o objetivo de divulgar os resultados já obtidos nas propriedades e reunir os produtores rurais atendidos. Por dia, até nove eventos serão realizados de forma simultânea pelo estado abrangendo as mais diversas cadeias produtivas atendidas pela ATeG em Mato Grosso. Dentre elas estão pecuária de leite, pecuária de corte, olericultura, piscicultura, fruticultura, floricultura, ovinocultura, apicultura etc.

Em Tangará da Serra, de acordo com o Supervisor da ATeG Senar, Thiago Salapata, os Dias de Campo iniciam nesta sexta-feira, dia 1º de julho, com “Bovinocultura de leite” e segue no sábado, 2, com ‘Floricultura’. Na segunda e terça-feira, dias 4 e 5, serão realizados os outros dois eventos, tratando sobre ‘Olericultura’ e ‘Fruticultura’.

Leia mais:  Momento Agrícola: Avaliações e o legado do Famato Embrapa Show são os destaques

“Tangará da Serra contém essas quatro cadeias já sendo assistidas pela Assistência Técnica e será presenteada com esses Dias de Campo”, afirma,

ao destacar que em todos os dias, além de temas específicos relacionados a cadeia, falarão também sobre primeiros socorros na zona rural.

“Em todos os Dias de Campo temos uma estação específica, que são os primeiros socorros, que a gente viu a necessidade no campo, pois muitas vezes os cuidados iniciais que possam ser feitos, aumentam as chances de a pessoa chegar com vida até o socorro médico ou evita um agravamento maior por causa de algum acidente com animais peçonhentos, algum envenenamento na propriedade que possa ocorrer, por exemplo”.

As atividades serão realizadas em propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial. A participação é aberta ao público e destinado a todos os produtores rurais – mesmo que não sejam atendidos pela ATeG – profissionais da área, parceiros e estudantes. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural.

  • Data: 01/07 (sexta-feira):
Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

DIA DE CAMPO “BOVINOCULTURA DE LEITE”

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio São Gabriel/ Gleba São Paulo

 

  • Data: 02/07 (sábado)

DIA DE CAMPO FLORICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Imperial/ Comunidade São José

 

  • Data: 04/07 (segunda-feira)

DIA DE CAMPO OLERICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Santo Expedito/ Comunidade São José

 

  • Data: 05/07 (terça-feira)

DIA DE CAMPO FRUTICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio Dois Irmãos/ Comunidade Córrego das Pedras

 

(Fonte: Sindicato Rural de Tangará da Serra e Diário da Serra)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana