conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Aquisição da Amaggi, ZARC do milho, safra argentina e entrevistas são destaques

Publicado

A segunda edição deste mês de março do Momento Agrícola mantém a tradição de trazer informações relevantes sobre o agronegócio. O programa é de autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, e é veiculado aos sábados pela Rede de Rádios do Agro e repercutido pelo Enfoque Business em forma de notícia e com o link do Soundcloud (ao final do texto).

Negócios

Os grandes negócios integram a pauta do Momento Agrícola deste final de semana. Um dos maiores grupos de grãos e fibras do país, de propriedade da família do ex-ministro Blairo Maggi – a Amaggi -, anunciou a compra das operações brasileiras do grupo argentino El Tejar.

Com isso, a gigante brasileira vai incorporar mais 62 mil hectares e elevar sua capacidade de produção em 34%. O valor do negócio, que depende do aval das autoridades regulatórias, não foi divulgado.  O grupo argentino produz soja, milho e algodão em 14 propriedades, de oito municípios de Mato Grosso (Alto Paraguai, Campo Novo do Parecis, Nova Ubiratã, Novo Santo Antônio, Novo São Joaquim, Primavera do Leste, Rondonópolis e Santo Antônio do Leste).

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Do total, 34 mil hectares estão em fazendas próprias e 28 mil em lavouras arrendadas. Outros 900 hectares são dedicados ao confinamento de gado. A negociação já se estendia por dois anos.

ZARC do Milho

A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) avaliou que a Nota Técnica n.º 03/2021, enviada na quinta (11) pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), traz propostas de melhorias para o Zoneamento Agrícola de Risco Climático (Zarc), como a intensão de incluir mais um nível de risco, o de 50%. Hoje os níveis de riscos são de 20%, 30% e 40%.

Lavoura de milho: Extensão da janela de plantio do milho segunda safra é debatida entre MAPA e CNA.

O Mapa enviou a nota técnica em resposta às solicitações da CNA e de outras entidades para estender a janela de plantio do milho segunda safra.

Ricardo Arioli, que preside a Comissão Nacional de Cereais, Fibras e Oleaginosas da CNA, participou de reunião sobre o assunto e discorre a respeito nesta edição do Momento Agrícola.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Outras

O Momento Agrícola traz outras atrações nesta edição. Nestas abordagens, o programa destaca a previsão de safra de soja na Argentina, que está reduzida, segundo informou essa semana a Bolsa de Cereais de Rosário. A safra de milho também tem projeções para baixo. problema é uma estiagem prolongada, que está influenciando muito negativamente na produtividade.

As entrevistas também são atração nesta edição. A partir do segundo bloco do programa, Arioli aborda assuntos como ‘A Soja, o Milho e a Pandemia no Paraguai’, com Ricardo Bagatelli; ‘As mudanças no Convênio 100’, com Renato Conchon, da CNA; e ‘As oportunidades do Biodiesel para Governadores’, com Donizete Tokarski, da Ubrabio.

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo:

publicidade

Agronegócio & Produção

Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

Publicado

A Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (Senar-MT), em parceira com o Sindicato Rural, realizará a partir desta sexta-feira (01.07), quatro Dias de Campo em Tangará da Serra.

Ao todo serão realizados 100 dias de campo em todo o estado. Os encontros iniciaram e junho e seguem até o dia 14 de julho, com o objetivo de divulgar os resultados já obtidos nas propriedades e reunir os produtores rurais atendidos. Por dia, até nove eventos serão realizados de forma simultânea pelo estado abrangendo as mais diversas cadeias produtivas atendidas pela ATeG em Mato Grosso. Dentre elas estão pecuária de leite, pecuária de corte, olericultura, piscicultura, fruticultura, floricultura, ovinocultura, apicultura etc.

Em Tangará da Serra, de acordo com o Supervisor da ATeG Senar, Thiago Salapata, os Dias de Campo iniciam nesta sexta-feira, dia 1º de julho, com “Bovinocultura de leite” e segue no sábado, 2, com ‘Floricultura’. Na segunda e terça-feira, dias 4 e 5, serão realizados os outros dois eventos, tratando sobre ‘Olericultura’ e ‘Fruticultura’.

Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

“Tangará da Serra contém essas quatro cadeias já sendo assistidas pela Assistência Técnica e será presenteada com esses Dias de Campo”, afirma,

ao destacar que em todos os dias, além de temas específicos relacionados a cadeia, falarão também sobre primeiros socorros na zona rural.

“Em todos os Dias de Campo temos uma estação específica, que são os primeiros socorros, que a gente viu a necessidade no campo, pois muitas vezes os cuidados iniciais que possam ser feitos, aumentam as chances de a pessoa chegar com vida até o socorro médico ou evita um agravamento maior por causa de algum acidente com animais peçonhentos, algum envenenamento na propriedade que possa ocorrer, por exemplo”.

As atividades serão realizadas em propriedades rurais atendidas pela Assistência Técnica e Gerencial. A participação é aberta ao público e destinado a todos os produtores rurais – mesmo que não sejam atendidos pela ATeG – profissionais da área, parceiros e estudantes. Os interessados devem procurar o Sindicato Rural.

  • Data: 01/07 (sexta-feira):
Leia mais:  Em Tangará: Senar-MT promove Dias de Campo sobre leite, frutas, hortaliças e flores

DIA DE CAMPO “BOVINOCULTURA DE LEITE”

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio São Gabriel/ Gleba São Paulo

 

  • Data: 02/07 (sábado)

DIA DE CAMPO FLORICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Imperial/ Comunidade São José

 

  • Data: 04/07 (segunda-feira)

DIA DE CAMPO OLERICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Chácara Santo Expedito/ Comunidade São José

 

  • Data: 05/07 (terça-feira)

DIA DE CAMPO FRUTICULTURA

Horário: das 7h30 às 11h30

Local: Sítio Dois Irmãos/ Comunidade Córrego das Pedras

 

(Fonte: Sindicato Rural de Tangará da Serra e Diário da Serra)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana