conecte-se conosco


Cidades & Geral

Indefinição em Tangará poderá resultar na perda do Hospital Regional para Barra do Bugres

Publicado

A suspensão do processo de instalação do Hospital Regional em Tangará da Serra em razão de denúncias de sobrepreço na desapropriação/aquisição da área para a unidade hospitalar poderá resultar na transferência do projeto para Barra do Bugres.

Segundo apurado pelo Enfoque Business, a indefinição da área para a construção do hospital em Tangará da Serra poderá render um atraso que inviabilizará o início das obras, na medida em que o processo licitatório acordado entre o município e o Ministério Público para aquisição do imóvel dificilmente seria concluído até final de abril do ano que vem, data limite para realização de certames.

Ou seja, ou Tangará da Serra viabiliza uma nova área com urgência, ou perderá o Hospital Regional para o município vizinho, que assistiria ao retorno da unidade hospitalar para os seus domínios.

Mobilização

Em Barra do Bugres, o hospital regional (foto topo) foi desativado e a estrutura física, que seria assumida pelo município, segue sem uso. As obras que foram realizadas pelo prefeito barrabugrense, Divino Henrique (PDT), estão irregulares por terem sido contratadas sem licitação, o que mantém aquela estrutura física em desuso.

Deputado estadual Lúdio Cabral (PT) levantou a questão e estaria encabeçando o processo em prol de Barra do Bugres.

Em visita a Barra do Bugres, o deputado estadual Lúdio Cabral (PT) levantou a questão  e, segundo informações extraoficiais, encabeçaria o processo em prol de Barra do Bugres.

Leia mais:  Tangará da Serra: Feira do Produtor do Centro atenderá em três dias na semana do Natal

Lúdio Cabral teria sugerido uma mobilização com vereadores e sociedade civil organizada para pressionar a Assembleia Legislativa a propor junto ao governo do Estado a transferência do projeto de R$ 75 milhões, então destinado pelo governo estadual a Tangará da Serra, para o município vizinho.

Indefinição em Tangará

O município de Tangará da Serra licitará a área a ser destinada ao Hospital Regional, que será construído pelo governo do Estado. A medida anunciada pelo Executivo Municipal é motivada pelo congelamento do processo de instalação da unidade hospitalar após denúncia (ainda anônima) de sobrepreço de até 50% na desapropriação e aquisição da área então destinada pela municipalidade.

A suspensão do processo de instalação foi determinada pelo Ministério Público, após o recebimento da denúncia, jogando por terra o que já estava definido e confirmado, que era a construção da unidade hospitalar regional.

Os denunciantes ainda não são conhecidos, mas informações de bastidores apontam para profissionais ligados ao setor imobiliário, em combinação com facções da política local.

publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  FEIRA do CENTRO oferece a exótica e benéfica PITAIA; Dias 24 e 31 haverá FEIRAS EXTRAS

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana