conecte-se conosco


Cidades & Geral

Iluminação em LED: Após licitação, obras em trecho na Ismael serão executadas em 60 dias

Publicado

A avenida Ismael José do Nascimento receberá iluminação em LED no trecho compreendido entre o entroncamento com avenida Lions Internacional e o Anel Viário. As obras foram confirmadas após processo licitatório concluído, semana passada, no dia 26 de novembro.

Os trabalhos iniciam imediatamente e o prazo para conclusão, de acordo com o edital o certame, é de 60 dias. A empresa Eletro Tartari é a empresa responsável e executará as obras ao custo de R$ 606.320,08. O trecho soma pouco mais de dois quilômetros.

Linha em amarelo indica o trecho da avenida que receberá iluminação em LED.

A implantação da iluminação em LED é resultado da aprovação unânime do projeto de lei 45/2021 na sessão ordinária da Câmara Municipal de 12 de maio último.

Rogério Silva: “Iluminação valoriza o trecho, além de prevenir acidentes e outras ocorrências negativas”.

Os recursos para as obras são oriundos de sobra (economia) no convênio 861499/2017, assinado com a Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (SUDAM) há quatro anos para implantação de iluminação em led nas avenidas Lions Internacional e Inácio Bittencourt, num valor global de R$ 3.099.000,00. O convênio foi viabilizado pelo vereador Rogério Silva (DEM), quando da sua atuação como deputado na Câmara Federal de julho a novembro de 2017, através de emenda parlamentar.

Leia mais:  Vencimento do IPVA 2021 é prorrogado para agosto, setembro e outubro; Descontos são mantidos

Rogério enalteceu a confirmação das obras que, após concluídas, atenderão nada menos que seis localidades urbanas – Vila Alta 3, Jardim Monte Líbano, Jardim Presidente, Jardim Vitória, Jardim San Diego e Vila Esmeralda. “Aquele trecho tem uma grande movimentação por causa da sua densidade populacional. São trabalhadores se locomovendo à noite, de madrugada, além de um trânsito considerável de veículos de todos os portes. A iluminação valoriza o trecho, além de prevenir acidentes e outras ocorrências negativas”, observou o vereador democrata.

publicidade

Cidades & Geral

Brasnorte: Ação na Justiça requer devolução de área e indenização de R$ 10 milhões da JBS

Publicado

O não cumprimento de um acordo entre uma indústria frigorífica e o município de Brasnorte (600 km de Cuiabá) está resultando numa batalha judicial. O município de Brasnorte entrou com uma ação contra a JBS para revogação de doação com pedido de reversão do imóvel.

O motivo seria o não cumprimento de atividade econômica de um frigorífico instalado pela empresa, que estaria operando com apenas 10% da capacidade, frustrando as expectativas do município de fomento à economia quando da doação da área.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari, a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade.

A ação inclui, ainda, multa de R$ 500 mil reais e R$ 10 milhões em indenizações por danos morais.

Segundo o prefeito de Brasnorte, Edelo Marcelo Ferrari (DEM), a verdadeira intenção do pedido é que o frigorífico cumpra sua finalidade, que é de realizar os abates previstos, gerar emprego e trazer renda para o município. “Nós também temos muito dinheiro investido naquela área, tendo em vista que o município fez toda a terraplanagem além da doação do terreno. Então, mais do que justo seria funcionar e isso não está acontecendo”, explica Ferrari.

Leia mais:  Pecuaristas da região oeste de MT amargam prejuízos com morte de dezenas de cabeças de gado em razão do frio

Desapontamento

Para o presidente do Sindicato Rural de Brasnorte, Cleber José dos Santos Silva, a classe produtora está muito desapontada com a subutilização da planta instalada no município e concorda com a ação imposta pela prefeitura para o cumprimento do TAC. “Hoje nós temos uma pecuária maior e mais forte, fartura de pasto – com a integração de agricultura e pecuária, temos mais de 400 mil cabeças de gado e condições para instalar grandes frigoríficos e confinamentos porque temos uma abundância de grãos dentro do nosso município. Então nós cobramos que haja a responsabilidade do frigorífico de cumprir com este compromisso que ele tem com nosso município ou então deixar a oportunidade para que outras empresas possam explorar o potencial que temos aqui em Brasnorte”, esclareceu Cleber.

(Fonte: Agronews; foto: prefeitura de Brasnorte)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana