TANGARÁ DA SERRA

Cidades & Geral

Hospital Regional: Denúncia de sobrepreço congela processo e município anuncia licitação de área

Publicado em

O município de Tangará da Serra licitará a área a ser destinada ao Hospital Regional, que será construído pelo governo do Estado. A medida anunciada pelo Executivo Municipal é motivada pelo congelamento do processo de instalação da unidade hospitalar após denúncia (ainda anônima) de sobrepreço de até 50% na desapropriação e aquisição da área então destinada pela municipalidade.

A suspensão do processo de instalação foi determinada pelo Ministério Público, após o recebimento da denúncia, jogando por terra o que já estava definido e confirmado, que era a construção da unidade hospitalar regional.

Área localizada junto ao Anel Viário foi suspensa em razão de possível sobrepreço.

Os denunciantes ainda não são conhecidos, mas informações de bastidores apontam para profissionais ligados ao setor imobiliário, em combinação com facções da política local. Assim, diante da possível irregularidade, o MP optou pela suspensão do processo, haja visto o valor envolvido na transação (autorizada pela Câmara Municipal), de R$ 5,98 milhões, o que corresponde a aproximadamente R$ 65,00 por cada um dos 91 mil m² da área então destinada, localizada às margens do Anel Viário.

Leia mais:  Startups selecionadas no programa de inovação aberta do AgriHub terão primeiro encontro

Conciliação e ‘picuinhas’

Na tarde da última segunda-feira (18) houve audiência judicial pré-processual envolvendo o Executivo e o Ministério Público, onde o município convencionou com o MP a realização de processo licitatório para aquisição da área. O acordo evitou a proposição de ação civil pública pelo MP, que demandaria anos de batalha judicial e, por consequência, inviabilizaria a instalação do hospital. “A desapropriação é um processo legal, mas optamos por harmonizar com o Ministério Público e proceder na licitação para proporcionar segurança jurídica à população para garantir o hospital regional sem nenhum problema judicial”, disse o assessor jurídico do Executivo, advogado Rui Ferreira.

O prefeito Vander Masson, por sua vez, lamentou o congelamento do processo de instalação do HR. O gestor é consciente da demanda de tempo que representará o processo licitatório e o advento das eleições, que ocorre ano que vem, estabelecendo limite de tempo para o certame até o próximo mês de abril.

O gestor revelou que informou o governador do estado, Mauro Mendes, sobre o congelamento do hospital regional após a suspensão imposta pelo Ministério Público. “O governador tocará as obras de outros três hospitais regionais no estado e afirmou que aguardará Tangará da Serra”, disse.

Leia mais:  Câmara: Projeto responsabiliza agressor pelas despesas nos casos de violência doméstica

Por fim, Vander lamentou as “picuinhas políticas” e admite o temor de que o hospital regional não se concretize em razão desse contratempo. “Lamento que, diante de uma obra tão importante, tenhamos que resolver picuinhas políticas (…) Regredimos, voltamos à estaca zero. Espero que esse hospital não seja perdido”, finalizou.

Comentários Facebook
Advertisement

Cidades & Geral

Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Published

on

As frutas de estação sempre são destaque na Feira do Produtor do Centro e o abacaxi já desponta, a partir deste mês de agosto, com suas primeiras colheitas realizadas pelo pequeno produtor.

O abacaxi é uma tradição em Tangará da Serra. É opção de sabor e fonte de energia para a saúde de quem consome esta fruta tipicamente sul-americana. Pode ser consumido in natura, em sucos e drinques. É ingrediente rico para doces, compotas, geleias, bolos e tortas. Vai muito com um bom churrasco, assado na brasa, com canela e outras especiarias. (Veja receitas ao final do texto)

O abacaxi ocorre em toda região de planície da América do Sul, sendo historicamente apreciada pelos povos indígenas. É considerada uma “superfruta” por estudiosos e profissionais de nutrição em virtude da sua ampla gama de benefícios, sendo uma grande fonte de vitaminas, minerais e substâncias funcionais, como compostos bioativos, água e fibras.

De sabor marcante e exclusivo, ricamente adocicado, o fruto ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças graves, combate estresse, melhora a saúde mental, fortalece os músculos, reduz inchaços e contribui para o bom funcionamento do organismo. De quebra, fortalece a imunidade, melhora a digestão, previne infecções, diminui e retarda o envelhecimento.

Leia mais:  Com aeroporto em obras, Tangará da Serra deixa de ter voos comerciais regulares

“É uma fruta que temos em abundância aqui na Feira, é produzida por muitos dos nossos feirantes com a qualidade de sempre e preço muito em conta”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino.

Nos boxes

Produzido em Tangará da Serra no Assentamento Antônio Conselheiro – agrovilas 04 e 07 e nos 40 lotes – e também em Progresso, São Joaquim e na região das Cabeceiras do Queima Pé, o abacaxi é facilmente encontrado na Feira do Centro, no setor de hortifruti.

Veja 65 receitas com abacaxi no link abaixo:

65 receitas com abacaxi adocicadas e azedinhas na medida certa

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana