conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

Hospital Regional: Curva acentuada e tráfego pesado exigirão projeto de acessibilidade viária

Publicado

A Câmara Municipal aprovou em sessão extraordinária, na manhã de ontem (quarta, 22), a aquisição de uma área de aproximadamente 91 mil metros quadrados para a construção do Hospital Regional de Tangará da Serra. A matéria (projeto de lei 130/2021), de autoria do Executivo, foi aprovada por unanimidade pelos vereadores.

(Assista ao vídeo, na sequência)

A área, de 91.737 metros quadrados e avaliada em R$ 5.987.793,75, fica às margens do anel viário, próximo ao Loteamento Ipanema. Será adquirida pelo município e imediatamente repassada ao Governo do Estado para viabilizar a construção da unidade hospitalar, orçada em R$ 75 milhões.

Via recebe tráfego pesado vindo especialmente do Chapadão do Rio Verde e Deciolândia.

O governo do Estado, através da empresa a ser contratada para a construção da unidade, terá de realizar um trabalho especial para organizar a entrada e saída de veículos, principalmente o acesso de ambulâncias para o setor de emergência. Localizada junto a uma curva acentuada, o fluxo para entrada e saída de veículos exigirá sinalização e, provavelmente, pista exclusiva (secundária) para acesso. “Será preciso um projeto de acessibilidade viária, com sinalizações horizontal e vertical”, avalia o engenheiro civil Sílvio Tupinambá, professor do curso de engenharia civil no campus local da Unemat.

Leia mais:  Importância da pavimentação da MT-339 é reconhecida por lideranças políticas durante encontro

“Com certeza será uma prioridade da empresa que será contratada para a construção do Hospital Regional. Mas, de qualquer forma, é importante ressaltar que o anel viário é uma via rápida, e de tráfego pesado”, observa Tupinambá. Ele destaca, ainda, que o hospital ficará muito próximo a uma curva da perimetral e ao acesso a uma estrada vicinal.

Hospital Regional

Na imagem, área do Hospital Regional quadrilátero em amarelo.

O hospital projetado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) contará com 141 leitos de enfermaria e 40 UTIs, entre adultas, pediátricas, neonatal e unidade semi-intensiva neonatal, para atendimento na média e alta complexidade.

A unidade de Saúde também contará com 10 consultórios médicos, 2 consultórios para atendimento a gestantes, 6 salas de centro cirúrgico, além de espaços para banco de sangue, banco de leite materno e realização de exames, como tomografia e colonoscopia.

A previsão é que, após a licitação e a definição da empresa que irá tocar a obra, o hospital seja entregue em até 24 meses.

publicidade

Infraestrutura & Logística

Convênio destinará R$ 20 milhões para 2ª etapa da ZPE de Cáceres; Módulo 01 está em licitação

Publicado

O governador Mauro Mendes anunciou esta semana, em Cáceres, a assinatura de 30 novos convênios e contratos para obras e investimentos da região Oeste de Mato Grosso, num total de R$ 173,5 milhões.

Mendes cumpriu agenda na região esta semana e, em Cáceres, sua comitiva foi recepcionada pela prefeita Eliene Liberato e demais lideranças locais e regionais.

Somente em Cáceres, os investimentos somarão R$ 58,6 milhões, sendo R$ 20,1 milhões para a segunda etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE). O convênio, que terá contrapartida do município de Cáceres, representa mais um estágio para a ZPE, vista como fundamental – assim como a Hidrovia do Rio Paraguai – para impulsionar o desenvolvimento da região.

Em Cáceres, Mendes foi recepcionado pela prefeita Eliene Liberato (PSB), e por lideranças locais e regionais.

 

Em novembro, o governo lançou a licitação para a execução da obra de infraestrutura do Módulo I do loteamento da ZPE de Cáceres, obra estimada em R$ 16.061.587,37 que será realizada com recursos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). A construção do módulo é uma etapa fundamental para a instalação da ZPE, após uma espera de mais de 30 anos.

Leia mais:  Obras da MT-339 podem ser retomadas ainda em 2019

A licitação será realizada na modalidade de Concorrência pública, do tipo menor preço. As propostas serão abertas no dia 21 de dezembro, às 09h, na Sala de Reuniões da Sinfra-MT.

A ZPE tem uma área de aproximadamente 240 hectares no Distrito Industrial de Cáceres. Até o momento, o Governo do Estado já executou 80% da obra de construção dos oito blocos das unidades administrativas.

Outros convênios

O governo também anunciou recursos na ordem de R$ 14,8 milhões, via Programa Mais MT, para a restauração funcional e implantação de pavimentação em mais de 30km da rodovia MT-343, no trecho entre Porto Estrela e o entroncamento com MT-246, em Barra do Bugres.

Também haverá convênio no valor de R$ 7 milhões para adequação da pista do Aeroporto Regional de Cáceres e construção do Terminal de Passageiros.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana