conecte-se conosco


Cidades & Geral

Hospital Regional: Área será licitada por concorrência; Possíveis recursos trarão riscos de incógnita

Publicado

A aquisição da área para o hospital regional, em Tangará da Serra, ocorrerá via certame licitatório. A confirmação se deu na manhã desta quarta-feira (17), em entrevista coletiva concedida pelo prefeito Vander Masson (PSDB), no gabinete do Executivo Municipal.

Ao lado da chefe do Departamento de Licitações e Contratos, Janine Cristina Gruber Nogueira e do assessor jurídico, advogado Rui Ferreira, Vander anunciou que o edital, já publicado, prevê a modalidade concorrência do tipo ‘menor preço’. A abertura das propostas ocorrerá no dia 16 de dezembro, às 08hs, na sala de licitações da prefeitura.

Opções de área

Área localizada junto ao Anel Viário foi suspensa em razão de possível sobrepreço.

As opções de área estão em quatro microrregiões do perímetro urbano consideradas passíveis de sediar a unidade hospitalar regional, levando em conta a acessibilidade e a mobilidade urbana.

As microrregiões são no quadrante Sul (MT-358/Anel Viário, entre o Trevo da Melancia e entroncamento com avenida Alvadi Monticelli – preço até R$ 70,00/m²); Sul/Sudeste (MT-358/Anel Viário, entre a avenida Alvadi Monticelli e a Avenida Brasil – até R$ 75,00/m²), Oeste ( MT-358/Anel Viário, entre as avenidas Brasil e Lions Internacional – até R$ 70,00/m²), Noroeste (MT-358/Anel Viário, entre a Lions Internacional e prolongamento da avenida Nilo Torres  – até R$ 40,00/m²).

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Ainda segundo o edital, “para definição do MENOR PREÇO, na hipótese de disputa entre microrregiões diferentes, será considerado como MENOR PREÇO, a proposta que tiver ofertado maior percentual de desconto em relação ao valor de referência inicial de cada microrregião”.

Risco e incógnita

Durante coletiva, Vander voltou a criticar denúncia: “Interesses de poucos que sobrepõem o interesse público”.

Durante a coletiva, Vander Masson admitiu o risco de eventuais recursos atravancarem o certame, fazendo expirar o prazo permitido para licitações em 2022, que será o final de abril por força das eleições de outubro do ano que vem.

Na prática, havendo morosidade em razão de recursos e seus prazos legais e, consequentemente, o decurso do prazo final para realização de certames, o hospital regional passará a ser uma incógnita para Tangará da Serra, considerando o resultado do processo eleitoral. ”Tentamos sensibilizar o Ministério Público de que não havia sobrepreço na área que já havíamos definido, mas não foi possível. A população cobra, quer celeridade. Esta luta pelo hospital regional já tem 20 anos em Tangará da Serra”, disse o gestor.

Leia mais:  Governador autoriza licitação do primeiro lote de pavimentação da MT-358, no Chapadão

Durante a entrevista, Vander voltou a lamentar a denúncia de sobrepreço da área que já estava destinada para a unidade hospitalar. “Há interesses de poucos que sobrepõem o interesse público, e isso é lamentável”, disse.

Na sequência, link com íntegra do edital:

https://tangaradaserra.mt.gov.br/site/wp-content/uploads/2021/11/conc-006-2021-aquisicao-area-para-implantacao-do-hospital-regional-1.pdf

 

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana