conecte-se conosco


Cidades & Geral

Fumaça, calor e secura predominam na região; Chances remotas de chuva somente a partir de sexta-feira

Publicado

Não há previsão de chuvas ao menos até a próxima quinta-feira em Tangará da Serra. O calor e a baixa umidade relativa do ar serão a tônica ao longo da semana e a chuva, se ocorrer, deverá acontecer somente a partir de sexta-feira, em pouca intensidade e em pancadas isoladas. As informações são do site Clima Tempo.

Depois de uma noite quente, a segunda-feira se apresenta com fumaça (foto acima) proveniente de queimadas na região e em vários pontos do estado, em especial da parte sul. O calor apresenta-se com 39 graus celsius na temperatura máxima e 22°C na mínima (próxima madrugada).

A umidade relativa do ar segue em níveis críticos, em torno dos 10% nas horas mais quentes do dia, sendo este parâmetro válido para praticamente toda a semana.

Outras cidades

A secura, o calor e a fumaça também compõem as atuais condições climáticas em Campo Novo do Parecis, Diamantino e Sapezal, no Chapadão dos Parecis.

Abaixo da Serra de Tapirapuã, também não há previsão de chuvas para Nova Olímpia, Barra do Bugres e a capital, Cuiabá. Nesta região, entre a serra e a baixada cuiabana, o calor, a baixa umidade e a fumaça também pintam o retrato das condições do tempo.

Leia mais:  Caldo de cana na Feira do Centro, um brinde à história e à geração de emprego e renda

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece fruto da América para sucos, doces e pratos com peixes e carnes

Publicado

As frutas estão entre os itens mais comercializados na Feira do Produtor do Centro. Nesta época do ano, uma fruta da época se destaca pela qualidade e visual notável: o maracujá.

Oferecido fartamente no setor de hortifrutis do mercado público de Tangará da Serra, o maracujá é alternativa de renda na agricultura familiar a partir de um manejo especializado para manter o bom padrão.

O fruto é natural da América e pode ser encontrado, nativo, em matas desde o Rio Grande do Sul até o norte do Brasil. Também é comum em toda a América Central e na Flórida, já nos Estados Unidos.

Oferecido fartamente no setor de hortifrutis do mercado público de Tangará da Serra, o maracujá é alternativa de renda na agricultura familiar.

Além de saborosa, a fruta rende inúmeros benefícios à saúde humana, sendo importante para fortalecer o sistema imunológico, controlar a glicose no sangue e, também, no combate ao estresse e à ansiedade.

De acordo com o presidente da Associação dos Feirantes (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino, o maracujá ofertado na Feira se destaca pela qualidade e preço atrativo. “A qualidade do maracujá oferecido pelos nossos feirantes sempre chama atenção do consumidor e isso ajuda a manter uma grande movimentação na Feira do Centro às quartas e aos domingos”, observa.

Leia mais:  Meteorologia alerta para frio de 8°C na madrugada desta quinta na região de Tangará

Maracujá na culinária

O maracujá pode ser consumido ao natural ou na forma de sucos. Mas o fruto incrementa a culinária brasileira como um ingrediente de classe. O maracujá rende sorvetes, musses, bolos, tortas e vários tipos de doces.

Mas também é utilizado com sucesso e requinte em pratos salgados à base de peixes e carnes vermelhas e de frango.

Para ver 48 receitas com maracujá, acesse o seguinte link a seguir clicando nos trechos sublinhados em vermelho: https://www.receiteria.com.br/receitas-com-maracuja/

Atendimento

Neste domingo, mais um a vez a Feira estará de portas abertas a partir das 06h00, até o meio-dia. Além do maracujá e outras frutas, os consumidores terão à sua disposição uma grande variedade de hortaliças, carnes e embutidos, leite natural e seus derivados, produtos coloniais, doces, temperos, além da tradicional praça de alimentação.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana