conecte-se conosco


Cidades & Geral

Estudantes conhecem estrutura e funcionamento do aterro sanitário de Tangará da Serra

Publicado

Um grupo de alunos e professores da Escola Estadual 13 de Maio conheceu na manhã de ontem (quarta, 06), a estrutura e o funcionamento do Aterro Sanitário de Tangará da Serra. Docentes e discentes foram recebidos pelo diretor do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae), Heliton Luiz de Oliveira.

De acordo com Heliton, durante a visita técnica ao Aterro os cerca de 80 alunos de cinco turmas da escola tiveram a oportunidade de ver de perto como é feita a destinação de quase todo o resíduo sólido produzido em Tangará da Serra. “Foi muito proveitosa a visita, são alunos que estão estudando disciplina eletiva ligada a questão ambiental. Eles puderam conhecer como funciona o sistema de saneamento relativo ao Aterro Sanitário”, explicou.

Além dessa visita, os alunos, coordenados pelo diretor Guilherme e pelos professores Margarete Soprano, Sergio Andrilho, Julia Couto e Marcilene, farão visita à Cooperativa de Produção de Material Reciclável de Tangará da Serra (Coopertan), onde terão a oportunidade de conhecer como é feita a reciclagem dos mais variados materiais em Tangará da Serra.

Leia mais:  Governador autoriza licitação do primeiro lote de pavimentação da MT-358, no Chapadão

O Aterro Sanitário de Tangará da Serra é referência em Mato Grosso, exemplo de sustentabilidade e gestão qualificada na destinação de resíduos sólidos gerados pela população. O Aterro está à disposição de todos que queiram conhecer a sistemática de operação desenvolvida no local, a estrutura, a capacidade e o tratamento que é dado ao lixo produzido na cidade.

(Assessoria de Comunicação)

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Governador autoriza licitação do primeiro lote de pavimentação da MT-358, no Chapadão

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana