conecte-se conosco


Infraestrutura & Logística

Estradas: Trecho Barra do Bugres/Jangada concluído; BR-163 com trabalhos de recapeamento

Publicado

Está praticamente concluído o trabalho de recuperação do pavimento do trecho rodoviário entre Barra do Bugres (a partir da ponte do rio Paraguai) até o entroncamento com a BR-163, em Jangada.

No trecho da MT-246 foram recuperados 34,6 km do trevo de Jangada até a ponte sobre o Rio Currupira, num investimento de R$ 16,5 milhões. Já no trajeto da ponte sobre o rio Currupira até Barra do Bugres, o trecho restaurado soma 45,2 km, com custo de R$ 21,1 milhões, com recursos do Estado.

Para a conclusão integral das obras, restam apenas as sinalizações e outros trabalhos complementares.

Restauração do trecho entre Tangará e Barra do Bugres é obra programada pelo governo estadual.

Outra obra programada pelo governo estadual é a restauração do asfalto da MT-358, no trecho de 70 quilômetros entre Tangará da Serra e Barra do Bugres, até a ponte sobre o rio Paraguai. Ainda não, porém, movimentação de máquinas neste trecho.

BR-163

Já a BR-163 passa por trabalhos de recuperação nas imediações da travessia do perímetro urbano Jangada. Os trabalhos exigem tráfego em meia pista e interrupções que podem durar até 30 minutos.

Leia mais:  Porto e hidrovia compõem logística essencial para as operações da ZPE, cujas obras foram retomadas

O trabalho, porém, é fundamental para a boa trafegabilidade no trecho. O pavimento sustentável desenvolvido especialmente para a BR-163/364, em Mato Grosso, começa a ser aplicado justamente na região de Jangada, onde é realizada a segunda etapa do Plano Anual de Recuperação do trecho sob concessão da Rota do Oeste.

Recuperação da BR-163 nas imediações de Jangada é a primeira obra com pavimento e borracha reciclados no Brasil.

É a primeira obra rodoviária com emprego de pavimento e borracha reciclados no Brasil. O material é resultado de dois anos da pesquisa “Aproveitamento de Resíduos de Pavimentos Asfálticos (RAP) em regiões de alta temperatura e tráfego pesado”, coordenada pela Concessionária Rota do Oeste em parceria com a Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), com autorização da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT).

Segundo informações da concessionária Rota do Oeste, a tecnologia a partir de recicláveis representa importantes ganhos econômico e ambiental, com eficiência equivalente a de um pavimento produzido com materiais novos. O material inclui misturas asfálticas com menor temperatura de usinagem e de compactação, denominadas “Misturas Asfálticas Mornas”, com adição de agregados provenientes da Fresagem de Revestimentos Asfálticos Deteriorados, denominados por sua sigla em inglês RAP – Reclaimed Asphalt Pavement.

Leia mais:  Pavimentação da MT-240 aproximará dois municípios, atendendo região produtora e de assentamento

publicidade

Infraestrutura & Logística

Convênio destinará R$ 20 milhões para 2ª etapa da ZPE de Cáceres; Módulo 01 está em licitação

Publicado

O governador Mauro Mendes anunciou esta semana, em Cáceres, a assinatura de 30 novos convênios e contratos para obras e investimentos da região Oeste de Mato Grosso, num total de R$ 173,5 milhões.

Mendes cumpriu agenda na região esta semana e, em Cáceres, sua comitiva foi recepcionada pela prefeita Eliene Liberato e demais lideranças locais e regionais.

Somente em Cáceres, os investimentos somarão R$ 58,6 milhões, sendo R$ 20,1 milhões para a segunda etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE). O convênio, que terá contrapartida do município de Cáceres, representa mais um estágio para a ZPE, vista como fundamental – assim como a Hidrovia do Rio Paraguai – para impulsionar o desenvolvimento da região.

Em Cáceres, Mendes foi recepcionado pela prefeita Eliene Liberato (PSB), e por lideranças locais e regionais.

 

Em novembro, o governo lançou a licitação para a execução da obra de infraestrutura do Módulo I do loteamento da ZPE de Cáceres, obra estimada em R$ 16.061.587,37 que será realizada com recursos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT). A construção do módulo é uma etapa fundamental para a instalação da ZPE, após uma espera de mais de 30 anos.

Leia mais:  Aeroporto: Com cercamento concluído, município assinará termo no DECEA para efetivação do PZPA

A licitação será realizada na modalidade de Concorrência pública, do tipo menor preço. As propostas serão abertas no dia 21 de dezembro, às 09h, na Sala de Reuniões da Sinfra-MT.

A ZPE tem uma área de aproximadamente 240 hectares no Distrito Industrial de Cáceres. Até o momento, o Governo do Estado já executou 80% da obra de construção dos oito blocos das unidades administrativas.

Outros convênios

O governo também anunciou recursos na ordem de R$ 14,8 milhões, via Programa Mais MT, para a restauração funcional e implantação de pavimentação em mais de 30km da rodovia MT-343, no trecho entre Porto Estrela e o entroncamento com MT-246, em Barra do Bugres.

Também haverá convênio no valor de R$ 7 milhões para adequação da pista do Aeroporto Regional de Cáceres e construção do Terminal de Passageiros.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana