TANGARÁ DA SERRA

Cidades & Geral

Escondidos em hotel e fazenda, agressores de mecânico são presos pela Polícia Civil

Publicado em

A Polícia Judiciária Civil prendeu no início da manhã desta terça-feira (08/12), Gustavo Henrique Albanez (foto acima – Imagem TV Cidade) e um comparsa que agrediram brutalmente um mecânico em Tangará da Serra, na última quinta-feira. O espancamento foi motivado por uma dívida de R$ 500,00.

A sessão de tortura aconteceu na quinta-feira (3), mas só chegou até a polícia no sábado (5), após a gravação viralizar nas redes sociais. A cena foi filmada por outra pessoa, que também fazia ameaças enquanto gravava, e que foi presa. A prisão preventiva da dupla de infratores foi determinada pela 2ª Vara Criminal de Tangará da Serra.

Brutalidade das agressões contra mecânico revoltaram comunidade e repercutiram em todo o estado.

Gustavo Henrique Albanez é o que aparece no vídeo agredindo a vítima. Ele foi preso em um hotel em Cuiabá. O outro rapaz que filmava foi preso em uma fazenda em Tangará da Serra.

Gustavo é o autor das agressões e estava hospedado num hotel de Cuiabá quando foi preso.

Ele chegou a gravar um vídeo se retratando, se identificando e confirmando que é o jovem que aparece nas imagens agredindo o trabalhador. Depois disso, fala sobre o motivo da agressão.

Leia mais:  Startups selecionadas no programa de inovação aberta do AgriHub terão primeiro encontro

“Realmente foi por causa de dinheiro. O rapaz da filmagem, que foi prejudicado, não apanhou de graça, isso todo mundo sabe. Ele apanhou porque fez alguma coisa”, afirma no vídeo.

Em seguida, Gustavo admite que errou e pede desculpa.

“Nada justifica ter feito o que eu fiz, ainda mais ter gravado. Ele (a vítima) não reagiu, mas não foi porque tinha pessoas armadas, nem nada. Ele pode comprovar isso. Não tinha ninguém armado, não tinha um monte de gente, foi apenas eu e ele. E ele não reagiu, porque sabe que estava errado. Mas eu não tenho como justificar um erro com outro”, diz em outro trecho da postagem.

Gustavo Albanez e o cúmplice já estão detidos no cárcere do Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC) de Tangará da Serra, aguardando procedimentos. Eles deverão ser transferidos em seguida para o Centro de Detenção Provisória (CDP) de Tangará da Serra, onde ficarão à disposição da Justiça.

(Redação EB, com G1/TVCA)

Leia mais:  Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Comentários Facebook
Advertisement

Cidades & Geral

Feira do Centro: Com preço atrativo e qualidade, abacaxi é opção em fruta para o consumidor

Published

on

As frutas de estação sempre são destaque na Feira do Produtor do Centro e o abacaxi já desponta, a partir deste mês de agosto, com suas primeiras colheitas realizadas pelo pequeno produtor.

O abacaxi é uma tradição em Tangará da Serra. É opção de sabor e fonte de energia para a saúde de quem consome esta fruta tipicamente sul-americana. Pode ser consumido in natura, em sucos e drinques. É ingrediente rico para doces, compotas, geleias, bolos e tortas. Vai muito com um bom churrasco, assado na brasa, com canela e outras especiarias. (Veja receitas ao final do texto)

O abacaxi ocorre em toda região de planície da América do Sul, sendo historicamente apreciada pelos povos indígenas. É considerada uma “superfruta” por estudiosos e profissionais de nutrição em virtude da sua ampla gama de benefícios, sendo uma grande fonte de vitaminas, minerais e substâncias funcionais, como compostos bioativos, água e fibras.

De sabor marcante e exclusivo, ricamente adocicado, o fruto ajuda a evitar o desenvolvimento de doenças graves, combate estresse, melhora a saúde mental, fortalece os músculos, reduz inchaços e contribui para o bom funcionamento do organismo. De quebra, fortalece a imunidade, melhora a digestão, previne infecções, diminui e retarda o envelhecimento.

Leia mais:  Startups selecionadas no programa de inovação aberta do AgriHub terão primeiro encontro

“É uma fruta que temos em abundância aqui na Feira, é produzida por muitos dos nossos feirantes com a qualidade de sempre e preço muito em conta”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino.

Nos boxes

Produzido em Tangará da Serra no Assentamento Antônio Conselheiro – agrovilas 04 e 07 e nos 40 lotes – e também em Progresso, São Joaquim e na região das Cabeceiras do Queima Pé, o abacaxi é facilmente encontrado na Feira do Centro, no setor de hortifruti.

Veja 65 receitas com abacaxi no link abaixo:

65 receitas com abacaxi adocicadas e azedinhas na medida certa

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana