conecte-se conosco


Cidades & Geral

Dia de Feira: Temperos, condimentos e conservas fazem a magia do almoço de domingo

Publicado

Domingo, como sempre, é dia de Feira em Tangará da Serra. E num domingo dos bons não pode faltar a boa comida. E toda boa comida exige bons temperos.

Pois, os temperos e condimentos são tradição na Feira do Produtor do Centro, que atende neste domingo (31). “O feirante conhece esse gosto especial do consumidor tangaraense e oferece uma imensa variedade de temperos, condimentos e conservas naturais”, diz o presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra, Valdeci Ferraz Aquino.

Valdeci aponta os boxes 21-C, de Devanir Gouveia, e 35-C, de Neide Ramos, onde é possível encontrar mais de 30 tipos de temperos e condimentos. A lista é grande: Alho e cebola granulados, alecrim, anis estrelado, açafrão, canela, chia, chimichurri, coentro em grão, colorau, cominho, erva-doce, gengibre, gergelim, hibisco, linhaça, louro, manjerona, manjericão, mostarda em grão, marcela, noz-moscada, orégano, páprica, pimenta-do-reino, salsa, sálvia, tempero-baiano, tomate em flocos, umburana, vinagrete desidratado e outros tantos.

E ainda tem os boxes 13-C e 74-C, do Jeremias Garcia e da Verônica Belém, que oferecem as conservas de pimentas cambari, bodinho e malagueta, e, também, de cebola, jurubeba, maxixe, pepino, pequi, entre outras delícias.

Leia mais:  Tangará da Serra celebra 46 anos nesta sexta com ao menos quatro grandes demandas

Benefícios

Os condimentos acentuam o sabor dos alimentos e fazem bem à saúde, por isso nunca devem faltar na cozinha. Os temperos ajudam a evitar o estresse oxidativo e as inflamações causadas por fatores internos e externos, que geram doenças e aceleram o envelhecimento.

Recente pesquisa mostra que os brasileiros consideram alho (46%), cebola (19,5%) e pimenta (5,4%) como temperos indispensáveis. Na cultura gastronômica atual os consumidores tendem a optar por temperos naturais, na combinação de sabor e princípios ativos, com efeitos farmacológicos.

Os temperos naturais – como os oferecidos na Feira do Produtor do Centro – possuem ações anti-inflamatórias, antioxidantes, calmantes, estimulantes, cicatrizantes e antibióticas, ao contrário dos industrializados, que possuem altos níveis de sódio, com aromatizantes e corantes.

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Tangará da Serra celebra 46 anos nesta sexta com ao menos quatro grandes demandas

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana