conecte-se conosco

Eleições 2020

Derrotado nas urnas, Wesley Lopes Torres deixa legado para Tangará da Serra num setor essencial

Publicado

Tangaraense de nascimento, de família tradicional, o advogado Wesley Lopes Torres foi o candidato do MDB na sucessão municipal em Tangará da Serra. Ao lado do ex-vereador e também advogado Amauri Paulo Cervo (PP), não teve êxito na disputa, ficando em terceiro lugar, com 3.923 votos e a confiança de 9% dos eleitores que foram às urnas.

Wesley foi superado nas eleições do último dia 15 pelo candidato do PSDB e vencedor da disputa Vander Masson, e pelo candidato do PSD, Chico Clemente. Ficou à frente de Claudinho Frare (Republicanos) e de Jean Piccoli (PSC).

Mas, apesar da derrota, o emedebista deixa um legado importante para o futuro do município polo da região sudoeste de Mato Grosso.

Desafio

Torres estreou na vida pública justamente num setor que viria a ser o mais sensível do município. Logo no primeiro mandato de Fábio Martins Junqueira (MDB), foi o escolhido para dirigir o Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto (Samae) de Tangará da Serra.

A missão era árdua. Faltava planejamento no setor de saneamento do município e a autarquia Samae estava sucateada há anos por gestões negligentes. Na estação de captação, tratamento e distribuição de água (ETA), no rio Queima Pé, havia necessidade de uma série de melhorias e reformas estruturais e de recuperação e aquisição de equipamentos. A reservação de água era limitada e longe de oferecer a segurança hídrica para um município que já se aproximava dos 100 mil habitantes.

ETA Queima Pé: Reservação de água e projeto aprovado para ampliação da capacidade de tratamento ficam como legado.

Para piorar, Wesley se deparou com uma tarifa defasada há anos, o que mantinha a autarquia deficitária, praticamente em situação de insolvência e, consequentemente, sem qualquer capacidade de investimento.

Leia mais:  Eleições 2020: Partidos realizarão convenções a partir de 31 de agosto; Registros de candidaturas até 29 de setembro

Era preciso arregaçar as mangas. E Wesley arregaçou e começou a trabalhar. Tomou pé da situação, teve coragem para reajustar as tarifas de água e esgoto – medida impopular que amedrontou gestores anteriores -, reestruturou o Samae, ampliou a reservação de água e, por fim, lançou o edital de licitação para captação e adução de água do rio Sepotuba para tratamento na ETA Queima Pé.

Quanto à ETA, a estrutura já tem projeto aprovado no Ministério do Desenvolvimento Regional para passar dos atuais 340 litros/segundo de água tratada para 490 litros/segundo, conforme estudo de aumento de demanda que prevê uma população de 165 mil habitantes no município até o ano de 2040.

Aterro sanitário de Tangará da Serra: modelo em Mato Grosso.

Wesley também fez do lixão do município o melhor aterro sanitário do estado, servindo de modelo para municípios prósperos, como Sorriso, que enviou representantes dos seus poderes para conhecer a estrutura e a gestão dos resíduos sólidos em Tangará da Serra.

Outra medida importante implementada por Wesley à frente do Samae foi a contratação de financiamento de R$ 25 milhões junto à Caixa Econômica Federal para ampliação da rede coletora de esgoto e, também, melhorias na estação de tratamento dos efluentes.

Leia mais:  Justiça impede fraude, legitima convenção e confirma aliança do PP com MDB e Solidariedade

Ainda na gestão de Wesley Torres, o Samae apresentou no primeiro semestre deste ano o Plano Municipal de Saneamento Básico (PMSB), desenvolvido pela autarquia em parceria com a Fundação Uniselva, vinculada à Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT). O PMSB representa o planejamento do município na área de saneamento básico para os próximos 20 anos, com as políticas e diretrizes estabelecidas pela municipalidade em relação ao setor.

Conjuntura

As crises hídricas que se sucederam a partir de 2016 acabaram se transformando no maior problema – juntamente com a pandemia de 2020 – vivenciado pelo município nesta década.

Wesley foi votar no dia 15 ao lado da esposa Simone.

As chuvas irregulares dos últimos cinco anos levaram o município a adotar outra medida impopular, que foram os racionamentos de água. Enquanto isso, o Samae ampliou seus reservatórios, multiplicando por sete a água reservada junto à ETA Queima Pé. Até agora, a os reservatórios têm suprido o abastecimento da cidade, apesar da crônica falta de chuvas.

E esta conjuntura relacionada à água foi clara e amplamente aproveitada pelos adversários de Wesley Lopes Torres nas eleições municipais.

Ou seja, derrota de Wesley nas urnas no último dia 15 de novembro pode ser debitada na conta da água, apesar da reestruturação e modernização do Samae e dos investimentos realizados.

Apesar do insucesso no pleito, Wesley Torres deixa seu legado para o município num setor essencial e extremamente sensível. Deixa como exemplo uma gestão íntegra, tornando o Samae uma autarquia autossustentável e com capacidade de investimento assegurada. No dia 15 de novembro, Wesley concluiu sua missão de cabeça erguida e poderá, num futuro próximo, voltar a dar sua contribuição ao município.

publicidade

Eleições 2020

Diplomação dos eleitos em Tangará da Serra e Nova Olímpia será virtual, em 17 de dezembro

Publicado

Os prefeitos e vereadores eleitos e suplentes nas eleições de 15 de novembro em Tangará da Serra e Nova Olímpia serão diplomados em cerimônia virtual. É o que diz o edital 121/2020, da Justiça da 19ª Zona Eleitoral, assinado ontem (07/12) pelo juiz eleitoral Ângelo Judai Junior.

O evento será realizado a partir do Cartório da 19ª ZE, a partir das 17hs, através do aplicativo google meet, pelo link meet.google.com/tur-fttr-zfu.

A medida é motivada pelos cuidados relacionados à pandemia da Covid-19. Na sequência, imagem do edital emitido pelo Cartório da 19ª Zona Eleitoral:

 

Leia mais:  Para forçar aliança com PSD, homens tentam impedir convenção do PP e destratam membros da executiva
Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana