conecte-se conosco


Saúde Pública

Covid-19: Tangará tem queda de 40,7% nos casos ativos; Óbitos e internações declinam

Publicado

Segundo boletim desta segunda-feira, Tangará da Serra mostra declínio nos números da Covid-19. Os óbitos, por exemplo, têm em julho um total de oito ocorrências e, portanto, uma média diária de 0,66%. No mês anterior, os óbitos somaram 31, perfazendo uma média de praticamente uma fatalidade por dia.

(Veja boletim atualizado, ao final do texto)

Os casos ativos (pacientes em isolamento e internados) apresentam uma média diária de 173 notificações, contra 292 no mês anterior, representando uma redução de 40,7%. (Veja gráfico, na sequência)

Neste mês de julho, uma média de 236 pacientes procuraram a URA (Unidade Respiratória Ambulatorial) do Hospital Municipal alegando sintomas de Covid-19. Mês passado, esta média foi de 291, representando um índice 18,9% menos no mês atual.

A TCC, por sua vez, tem uma média de 12,2% em julho, contra uma média de 19,3% no mês anterior.

As internações (gráfico ao lado) também apresentam números inferiores neste mês de julho. As UTI’s públicas, que em junho tiveram uma média de 87% na Taxa de Ocupação de Leitos (TOL), neste mês de julho a mesma média caiu para 70%.

Leia mais:  Município receberá R$ 5 milhões a menos da verba federal para ajuda contra coronavírus

No setor privado, as UTI’s apresentam em julho uma TOL média de 70%, contra uma média de 94% em junho.

Nos leitos públicos de enfermaria, a ocupação média neste mês é de 27%, contra 65% mês passado.

Veja boletim desta segunda-feira:

publicidade

Saúde Pública

Tangará da Serra divulga 1ª lista de crianças de 5 a 11 anos para vacinação

Publicado

A Secretaria Municipal de Saúde de Tangará da Serra divulgou na tarde desta quinta-feira, dia 20/01, a 1ª Lista de Convocação de crianças com idade entre 05 e 11 anos, com comorbidade ou deficiência permanente, para receberem a vacina contra a COVID-19.

A vacinação ocorrerá entre as 8h e as 10h30 da manhã desta sexta-feira, dia 21/01, na Escola Especial Raio de Sol (APAE).

A secretária municipal de Saúde, Gicelly Zanatta, explica que nesta primeira etapa serão vacinadas as crianças atendidas pela APAE e outras 40 crianças cujos nomes estão na lista ao final do texto.

Documentos necessários

Para vacinar as crianças, os pais devem ficar atentos aos documentos necessários:
– Cartão de vacinação da criança;
– Comprovante da comorbidade (pode ser laudo, receituário, pedido médico de vacina);
– Documento de identificação da criança (pode ser a certidão de nascimento ou RG) ;
– CPF ou cartão SUS;
– Documento do adulto comprovando que é responsável legal pela criança.

Xepa

Leia mais:  Na região, três municípios em risco ‘Muito Alto’ terão barreiras sanitárias; Tangará e outros sete em risco ‘Alto’

A Secretaria de Saúde também passará a adotar uma “xepa” para atender o máximo possível de crianças com a vacinação. “Caso haja alguma criança, que não está nesta lista, que tenha alguma comorbidade ou deficiência permanente e que possa ir na APAE das 8h às 10h30, mesmo que não tenha cadastro, que faremos uma xepa para atender essas crianças”, disse.

(Assessoria de Comunicação)

Veja a lista:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana