conecte-se conosco


Saúde Pública

Covid-19: Mato Grosso mantém baixo risco; Tangará da Serra consolida desaceleração da pandemia em setembro

Publicado

O último boletim epidemiológico da pandemia do novo coronavírus divulgado nesta quinta-feira (01.10) pela Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) aponta que todos os 141 municípios de Mato Grosso estão classificados em risco baixo de contaminação pelo novo coronavírus.

Segundo o Boletim Epidemiológico nº 207, da SES-MT, Tangará da Serra aparece nesta quinta-feira com um total de 5.038 casos acumulados de Covid-19 e 63 óbitos ocasionados pela doença no município. Foram 16 casos a mais em comparação com ontem, dia 30 de setembro, quando o acumulado de casos era 5.022.

Já o número de casos ativos subiu de 236 no dia 30 para 250 neste dia 1º. Por outro lado, não há novos registros de óbitos desde o último dia 25.

Em queda

O mês de setembro mostrou uma curva decrescente da pandemia em Tangará da Serra em relação aos meses anteriores de julho e agosto, tanto no número de novos casos registrados diariamente como no número de óbitos ocasionados pela doença. (Veja gráfico com os números de casos diários a seguir)

Leia mais:  Pandemia e logística: Municípios situados em rotas de rodovias federais apresentam maior incidência de Covid-19

Dividindo o número de novos casos (1.068) pelo número de dias do mês (30), a média de novos casos diários fica em 36, bem abaixo da média registrada nos dois meses anteriores (agosto, com 1.754 novos casos e média diária de 58; e julho, com 1.565 novos casos e média diária de 50). Ou seja, o mês de setembro fechou com uma média 38% menor que a do mês anterior, agosto, e 28% menor que a de julho. (Veja gráfico com casos diários totalizados por mês a seguir)

Autor: Heliton Leto

Já os casos ativos apresentam evidente curva decrescente no município neste mês de setembro. Os ativos somavam 257 em 31 de agosto contra os 250 de 30 de setembro, perfazendo uma média geral de 219 no 9º mês do ano.

Traduzindo estes números em percentuais comparativos, o mês de setembro fechou com uma média de casos ativos quase 15% (14,78) menor em relação ao mês anterior. (Veja gráfico de casos ativos a seguir)

Leia mais:  Covid-19: Com casos 412 casos confirmados, Tangará da Serra registra 6 óbitos; Recuperados correspondem a 80%

Quanto aos óbitos, estes também diminuíram em setembro em relação a agosto. Enquanto em agosto as fatalidades totalizaram 24 vítimas, em setembro as mortes somaram 14.

Curados

Também em 30 de setembro, do total de 5.022 pacientes acometidos por Covid-19 desde o primeiro caso registrado no município, em 01 de abril, 4.723 alcançaram a cura clínica. O número representa um índice de recuperação de 94,05% entre os pacientes infectados.

publicidade

Saúde Pública

Vacina Covid-19: ERS Tangará recebe 1.700 doses pediátricas; Esquema vacinal é diferenciado

Publicado

O Escritório Regional de Saúde (ERS) de Tangará da Serra recebeu no último sábado uma remessa de 1.700 doses de vacinas contra a Covid-19, da Pfizer, para aplicação em crianças de 05 a 11 anos.

As doses pediátricas chegaram por volta das 15h30, via terrestre, e serão distribuídas aos 10 municípios da região de abrangência do ERS já a partir desta segunda-feira (17). O ERS apenas aguarda o recebimento da resolução de distribuição para disponibilizar os lotes aos municípios.

Esquema diferenciado

Mato Grosso recebeu do Ministério da Saúde na última sexta-feira 23 mil doses de vacinas pediátricas contra Covid-19. A primeira remessa é da Pfizer (Comirnaty).

De acordo com as recomendações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), a vacinação desse público precisa ser realizada em ambiente específico e segregado da vacinação de adultos.

Outra recomendação é que a sala em que se dará a aplicação em crianças seja exclusiva para a aplicação dessa vacina; não se podendo aplicar outras vacinas, ainda que pediátricas. A vacina contra Covid-19 não pode ser administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, precisando respeitar um intervalo de 15 dias.

Leia mais:  Com índices em alta e lotação nas UTIs, município aguarda novos leitos; Pregão ocorre na sexta

O esquema vacinal para crianças terá o intervalo de oito semanas. O imunizante tem dosagem e composição diferentes da que é utilizada na dose para os maiores de 12 anos. A vacina para crianças será aplicada em duas doses de 0,2 mL (equivalente a 10 microgramas). A tampa do frasco da vacina virá na cor laranja, para facilitar a identificação pelas equipes de vacinação e também pelos pais, mães e cuidadores que levarão as crianças para serem vacinadas.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana