TANGARÁ DA SERRA

Economia & Mercado

Comércio de Tangará da Serra deve faturar R$ 1,8 milhão com Black Friday, em 2019

Publicado em

O Black Friday já se consolidou como umas das datas mais aguardadas do ano pelos consumidores e comerciantes. Responsável por movimentar principalmente o comércio de eletrônicos, o dia é internacionalmente conhecido por suas grandes promoções. Uma pesquisa realizada pelo site oficial do evento, revelou os estados e as cidades do país com maior previsão de faturamento durante a data.

De acordo com os dados, no Brasil o faturamento em 2019 pode chegar a R$ 3,15 bilhões. A região Centro-Oeste representa uma estimativa de 8% desse valor. Só no Mato Grosso se espera ultrapassar os R$ 32 milhões. Uma lista com cidades mais rentáveis do Mato Grosso, para o evento, foi divulgada. Tangará da Serra aparece em 4º lugar, com uma expectativa de R$ 1,8 milhão de lucro no comércio. Em primeiro aparece Cuiabá (R$ 13 milhões), em segundo Rondonópolis (R$ 3,5 milhões), e em terceiro Sinop (R$ 3 milhões). Confira a lista completa:

  • Cuiabá- Previsão de Faturamento de R$13 Milhões
  • Rondonópolis – Previsão de Faturamento de R$3.5 Milhões
  • Sinop – Previsão de Faturamento de R$3 Milhões
  • Tangará da Serra – Previsão de Faturamento de R$1.8 Milhões
  • Sorriso – Previsão de faturamento de R$900 Mil
  • Primavera do Leste – Previsão de Faturamento de R$900 Mil
  • Barra do Garças – Previsão de Faturamento de R$800 Mil
  • Várzea Grande – Previsão de Faturamento de R$800 Mil

A pesquisa ainda analisa os produtos mais procurados pelos consumidores e que já são consolidados todos os anos no evento. Veja:

  • Smartphones (37%)
  • Eletrodomésticos (36%)
  • Televisores (29%)
  • Informática (24%)
  • Móveis e Decoração (22%)

(Fonte: Assessoria ACITS)

Comentários Facebook
Advertisement

Economia & Mercado

Preço médio da gasolina e do etanol registram queda de 2,5% na semana; Diesel se mantém

Published

on

O preço médio da gasolina e do etanol vendidos nos postos do Brasil tiveram queda em comparação com a semana anterior, segundo a Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP).

A gasolina foi comercializada, em média, a R$5,74 o litro, 2,5% menor que na semana anterior. Já o etanol também teve recuo no preço de 2,5%, e foi vendido em média de R$4,21 por litro.

Esta é a quinta queda semanal consecutiva na gasolina e contempla totalmente a redução de 4,9% nos preços da Petrobras nas refinarias, a partir do dia 20 de julho, e parcialmente a redução de 3,88%, que entrou em vigor nesta sexta-feira.

Já o diesel S-10, o mais usado no país, manteve-se mais uma vez praticamente estável, com ligeira queda de 0,5%, indo a 7,51 reais o litro, em média. A petroleira não reduziu o preço do combustível em nenhum dos dois reajustes que fez neste mês.

(Fonte: Money Times)

Comentários Facebook
Continue Reading

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana