conecte-se conosco


Agronegócio & Produção

Com larga comercialização na Feira, mamão e maracujá passarão por melhoramento genético

Publicado

O mamão e o maracujá são duas frutas de grande comercialização na Feira do Produtor do Centro, que abre suas portas novamente neste domingo para receber os consumidores de Tangará da Serra e da região circunvizinha.

Uma notícia positiva é que estas duas frutas, que já se destacam pela excelente qualidade de produção pela agricultura familiar do município, terão suas qualidades aprimoradas por um programa de melhoramento genético liderado pela Unemat, em parceria com a empresa Feltrin Sementes. (Convite abaixo)

A assinatura do protocolo de Intenções entre a universidade e a empresa ocorre nesta segunda-feira, às 14h00, no auditório do campus da instituição de ensino superior. Será este o ponto de partida para o desenvolvimento de um projeto de melhoramento genético do maracujazeiro e do mamoeiro.

O ato de assinatura contará com presenças da reitoria da Unemat, da FAPEMAT, da prefeitura de Tangará da Serra, representantes do governo estadual e autoridades em geral, além de membros da comunidade acadêmica.

Na Feira

O mamão e o maracujá são largamente comercializados na Feira do Produtor do Centro.

Leia mais:  Momento Agrícola: Preços e compras de fertilizantes, carbono e entrevistas são destaques

Os benefícios à saúde são evidentes. O mamão se destaca por facilitar a digestão e proteger o intestino, além de ajudar a controlar o colesterol/triglicérides e equilibrar a diabetes.

Já o maracujá é importante para fortalecer o sistema imunológico, controlar a glicose no sangue e, também, no combate ao estresse e à ansiedade.

De acordo com o presidente da Associação dos Feirantes (Asfet), Valdeci Ferraz Aquino, tanto o maracujá quanto o mamão que são oferecidos na Feira se destacam pela qualidade. “A qualidade dos produtos dos nossos feirantes sempre chama atenção do consumidor, e é por isso que temos uma grande movimentação na Feira do Centro às quartas e aos domingos”.

Neste domingo, mais um a vez a Feira estará de portas abertas, a partir das 06h00, até o meio-dia. Além do mamão e do maracujá, os consumidores terão à sua disposição uma grande variedade de frutas, verduras, legumes, carnes, doces, além da tradicional praça de alimentação.

(Por: Assessoria Especial)

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Preços e compras de fertilizantes, carbono e entrevistas são destaques

Publicado

A baixa nos preços dos fertilizantes e as compras do insumo para a próxima safra de soja, evento sobre mercado de carbono, entrevistas e outras notícias comentadas são as atrações do Momento Agrícola deste sábado, 21 de maio.

De autoria do produtor rural, agrônomo e consultor Ricardo Arioli, o programa é veiculado aos sábados pela rede de rádios do Agro e repercutido em forma de notícias e com o link do Soundcloud pelo Enfoque Business, também aos finais de semana.

Fertilizantes: preços e compra

Ricardo Arioli abre o Momento Agrícola deste sábado mencionando que algumas notícias no mercado apontam para uma baixa nos preços dos fertilizantes. Segundo ele, estas baixas giram em torno dos 10%. “A ureia já caiu um pouco e os fosfatados também (…). Será que pode cair mais? Resposta difícil!”, afirma.

Nestas circunstâncias, Arioli sugere aos produtores rurais que ainda não adquiriram o insumo para a próxima safra que não percam tempo. “Quem ainda tem adubo pra comprar para esta próxima safra de soja e se a compra for mesmo indispensável, então tem que tomar uma decisão logo”, aconselha, observando que a decisão não deve considerar apenas do fator preço, mas também os prazos de entrega.

Leia mais:  Momento Agrícola: Preços e compras de fertilizantes, carbono e entrevistas são destaques

Carbono

O Congresso Mercado Global de Carbono – Descarbonização & Investimentos Verdes, realizado entre quarta (18) e ontem (sexta, 20), no Jardim Botânico do Rio de Janeiro, discutiu soluções inovadoras e de tecnologia capazes de tornar o Brasil um exportador de energia verde para o mundo, além de promover o avanço na direção da neutralidade em emissões de gases de efeito estufa.

Arioli participou de painel no evento do Rio de Janeiro.

O evento teve a participação de mais de 100 palestrantes – entre empreendedores e líderes de grandes corporações nacionais e internacionais – e contou, anteontem, com o painel “Agricultura e Serviços Ambientais”.

Na condição de proprietário da Agropecuária Novocampo, Ricardo Arioli participou do painel com Alysson Paolinelli, presidente executivo da Abramilho, ex-ministro da Agricultura e indicado ao Nobel da Paz; Julio Cezar Busato, CEO da Busato Agropecuária; Ricardo Faria, proprietário da Insolo Agroindustrial, e Tânia Cosentino, Presidente da Microsoft Brasil. Carlos Motta, vice-presidente de Negócios de Varejo do Banco do Brasil, foi o moderador.

O painel levou à conclusão de que a tecnologia e a conectividade são fundamentais para o agronegócio encontrar um caminho para produzir mais e, ao mesmo tempo, preservar. O modelo econômico atual exige práticas muito mais conscientes no trato com o ambiente. A economia de baixo carbono é uma oportunidade de negócios. Mas para que seja possível monetizar, o agricultor, o pequeno e o grande, precisam ter acesso a dados.

Leia mais:  Momento Agrícola: Preços e compras de fertilizantes, carbono e entrevistas são destaques

Arioli – que apresentou sugestão no painel relacionada ao uso da calculadora do RenovaBio, a RenovaCalc – comenta sobre o evento, ainda no primeiro bloco.

Outras

Outros assuntos entram na pauta do Momento Agrícola deste sábado, entre eles a realização, em Rondonópolis, da 1ª Feira Brasileira de Sementes (FEBRASEM), nos dias 02 e 03 de junho, e a consulta pública para modernização do padrão de qualidade da soja no Brasil. Sobre este último assunto, Arioli estende seus comentários sobre a viabilidade da mudança deste padrão.

O Momento Agrícola discorre, nos blocos seguintes, sobre o AFERE – o Aplicativo para Adubação da Embrapa -, o Congresso Brasileiro da Soja 2022, e as Propostas da CNA para o Plano Safra 22-23.

(Foto do topo: CNA/Agência Brasil – Wenderson Araujo/Trilux) 

Para ouvir o Momento Agrícola na íntegra, clique abaixo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana