conecte-se conosco

Cidades & Geral

Cabeceiras do Queima Pé sediarão treinamento para recuperação de nascentes em Tangará

Publicado

Recuperação de nascentes será tema de capacitação nos dias 21 e 22 (terça e quarta-feira) em Tangará da Serra. O local, sugestivo, será a área das cabeceiras do rio Queima Pé, principal fonte abastecedora de água da cidade.

O projeto é desenvolvido pelo CBH Sepotuba e Instituto Pantanal Amazônia de Conservação (IPAC), com apoio do Rotary Club Cidade Alta, Governo do Estado, SAMAE, Prefeitura Municipal, Câmara Municipal, Sindicato Rural e Fazenda Santa Amália.

(*) As inscrições seguem em aberto. Até o começo da tarde desta sexta-feira (17), haviam 36 inscritos para as 50 vagas disponíveis. Link para inscrições: https://forms.gle/EVpZk6XSkLTHLAE96

A programação (imagem ao final do texto) consiste em aulas práticas de recuperação de nascentes e instalação de drenos verticais para absorção da água das chuvas pelo solo. As instruções serão ministradas pelo diretor de Meio Ambiente do Município de São José das Palmeiras (PR), Quirino Kesler, que já coordenou os trabalhos de recuperação de mais de 100 nascentes, através de parceria com o Programa Cultivando Água Boa, da Itaipu Binacional.

Situação atual do Queima Pé preocupa. Trabalho de recuperação gera expectativa de melhora.

O engenheiro agrônomo e consultor ambiental Décio Elói Siebert, de Tangará da Serra, também figura entre os instrutores da capacitação. Siebert, que émembro do Comitê Hidrográfico da Bacia do Rio Sepotuba (CBH Sepotuba), explica que a capacitação seguirá um cronograma que inicia pela limpeza da mina/nascente. “Caso haja necessidade, o serviço inicial pode ser feito com o auxílio de máquinas, depois é feito manualmente para se encontrar o ‘olho d’água’, que deverá ser totalmente limpo para aumentar a vazão”, explicou.

Leia mais:  Tangará da Serra: ETA Queima Pé receberá investimentos de R$ 7,4 milhões em ampliação e modernização

Décio acrescenta que, em seguida, haverá a implantação de uma barreira com pedras marroadas e solo-cimento para aumentar o depósito de água. “Posteriormente, a vala é preenchida com pedra marroada e no final joga-se cal virgem para desinfecção em cima das pedras. Após, coloca-se uma lona preta e cobre-se com solo-cimento e terra para voltar a nascer a vegetação, na barreira construída, são colocados canos de PVC rígido para escoamento da água para posterior distribuição”, completou.

Para o desenvolvimento das ações, a Estrada da Cabeceira do Rio Queima-pé, nas proximidades da Comunidade Vale do Sol, estará interditada entre os dias 20 e 26 de setembro.

(Redação EB, com Assessoria)

Abaixo, programação do evento:

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Produtor do Centro oferece espaço para diversão infantil e novo bebedouro

Publicado

Maior mercado público de Mato Grosso, a Feira do Produtor do Centro ampliou seu leque de atrações para o consumidor de Tangará da Serra e região. Desde o último domingo, a Feira conta com um espaço exclusivo para entretenimento infantil.

O espaço – da Maju Diversões – está localizado na entrada da Feira pela esquina das ruas Celso de Lima (26) com Antônio José da Silva (07) e consiste num conjunto de três brinquedos, sendo um do tipo “pula-pula” e dois tobogãs infláveis caracterizados com os personagens Batman e Frozen. “Percebemos que poderíamos oferecer algo mais às crianças, aqui na Feira. Firmamos esta parceria e já podemos ver o resultado, com a alegria da criançada que vem aqui com os seus pais”, disse Valdeci Ferraz Aquino, presidente da Associação dos Feirantes de Tangará da Serra (Asfet), que administra a Feira do Produtor do Centro.

Novo bebedouro foi instalado semana passada na Feira do Produtor do Centro.

De acordo com Marcelo Dias, da Maju Diversões, os usuários mirins podem se divertir nos brinquedos mediante taxas de R$ 5,00 (cinco minutos) e R$ 10,00 (15 minutos).

Leia mais:  Escondidos em hotel e fazenda, agressores de mecânico são presos pela Polícia Civil

Além do Espaço Criança, a Feira do Produtor do Centro conta com um novo bebedouro, no centro do complexo, onde está instalada a sonorização dominical. “Com essa nova aquisição, passamos a contar com dois bebedouros para maior conforto dos consumidores que frequentam a Feira às quartas e domingos”, completou Valdecir Ferraz Aquino.

Assista vídeo sobre o Espaço Criança

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana