conecte-se conosco


Cidades & Geral

Barra do Bugres: Prefeita empossa diretores e anuncia concurso; Chuvas isolam comunidade

Publicado

Um concurso público será realizado pelo município de Barra do Bugres para suprir as carências em seus quadros efetivos. Foi o que disse a prefeita Maria Azenilda Pereira (MDB), na tarde de ontem (terça,04).

O anúncio ocorreu durante solenidade de posse de diretores de escolas da rede municipal. A prefeita não fixou data, mas deu a entender que o concurso deverá ser realizado somente em 2023 por não haver tempo hábil em 2022, que também é ano eleitoral.

O edital, porém, já começará a ser estudado. “Vamos conversar com todos os secretários para que eles informem as demandas das suas pastas”, disse.

Posse

Nesta terça-feira foram empossadas as novas diretoras de cinco escolas da rede municipal de Barra do Bugres. Elas foram eleitas em processos democráticos realizados ano passado e receberam posse da prefeita Maria Azenilda Pereira.

Participaram da solenidade a secretária de Educação do município, Bernadete Fernandes Gregolin, vereadores, membros do Conselho Municipal de Educação, representantes do Sindicato dos Trabalhadores da Ensino Público (Sintep) e da sociedade civil organizada.

Leia mais:  Crédito de R$ 200 mil para serviços cartorários viabilizará escrituração de área do aeroporto

Na sequência, relação das escolas e das novas diretoras:

Escola Municipal Herculano Borges – Professora Andréia Prado de Moraes; E.M. Guiomar de Campos Miranda – Professora Angélica Dias Medeiros Junqueira; Centro Municipal de Educação Infantil Governador José Garcia Neto – Professora Elizabeth Soares dos Santos Miranda; C.M. de Educação Infantil Júlio Domingos de Campos – Professora Maria José Alves Ribeiro Vieira; C.M. de Educação Infantil Carlos Alberto Cruz – Professora Marília Regina de Almeida.

(Colaborou: Rubens Leite/Barra do Bugres)

Comunidade isolada

As fortes chuvas que ocorreram nos últimos dias na região de Barra do Bugres provocaram o isolamento de 35 famílias na comunidade Água Doce. O isolamento se deu em razão do rompimento de uma ponte sobre o rio Jauquara.

As chuvas tem sido intensas nos últimos dias em Barra do Bugres, elevando o nível das águas dos rios. A prefeitura de Barra do Bugres deverá anunciar ainda na manhã desta quarta-feira (05) as providências para restabelecer a ligação do município com a comunidade afetada.

Leia mais:  Clubes de Serviço: Rotary de Tangará da Serra iniciam nesta quinta-feira as trocas de diretorias

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece duas atrações típicas do Brasil e valiosas para a saúde e a culinária

Publicado

Domingo, como reza a tradição, é dia de Feira em Tangará da Serra. E dois produtos muito atrativos na Feira do Produtor do Centro são as castanhas de caju e do Pará. As duas são alimentos saudáveis e compõem receitas extraordinárias, como nos links ao final do texto.

A castanha-do-pará é rica em proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do complexo B e vitamina E. Também fornece antioxidantes ao organismo, promovendo a diminuição do colesterol total. Melhora o sistema imunológico e ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, como de mama, próstata e cólon.

Contribui para a saúde do cérebro e mantém o cabelo e as unhas saudáveis. Reduz a pressão alta, ajuda a regular a tireoide e é excelente fonte de energia.

Já a castanha-de-caju vem do fruto do cajueiro e é rica em antioxidantes, gorduras boas e minerais. Ajuda a prevenir o desenvolvimento de doenças do coração e anemia, além de melhorar a saúde da pele, unhas e cabelo. Segundo especialistas, consumir cerca de 30 gramas de castanha de caju por dia é uma alternativa para complementar os nutrientes consumidos diariamente.

Leia mais:  Clubes de Serviço: Rotary de Tangará da Serra iniciam nesta quinta-feira as trocas de diretorias

Castanhas nos boxes

A castanha-do-pará oferecida na Feira do Centro é proveniente da região de Juína e de outras cidades e localidades da região norte do estado. Já a castanha de caju vem, principalmente, da região Nordeste do Brasil.

São comercializadas em vários boxes do setor de hortifruti, em especial nos boxes 16-C, de Elieder Santos; 21-A, de Francisco da Silva; 23-A, de Eliane Resende; e 42-A, de Elton Pereira.

Veja, a seguir, receitas com as duas castanhas:

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-do-para/

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-de-caju/

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana