conecte-se conosco


Cidades & Geral

Bandidos roubam quase 200 toneladas de soja no Chapadão; Prejuízo passa de R$ 500 mil

Publicado

Uma fazenda localizada no Chapadão do Rio Verde, em Tangará da Serra, foi assaltada na madrugada deste sábado (21.05) por uma quadrilha fortemente armada. Três carretas e um automóvel gol foram usados pelos bandidos no roubo.

Segundo informações repassadas ao Enfoque Business, os criminosos chegaram com os caminhões e o veículo de apoio por volta das 03h00 da manhã, renderam os funcionários da fazenda e os fizeram acionar o maquinário para carregamento da soja que estava armazenada nos silos da propriedade.

Depois, os funcionários foram trancafiados num dos cômodos da unidade de armazenamento, sob ameaça de morte.  Equipamentos de informática foram levados pelos bandidos e dispensados em locais ermos, em capões de mata. Horas depois da ação criminosa, os funcionários da fazenda conseguiram comunicar o delito.

Os veículos utilizados pela quadrilha foram dois graneleiros, sendo dois nas cores branca e verde, e um caçamba branco. Um veículo VW gol, branco, foi utilizado pelos criminosos como apoio. Foram pelo menos 10 bandidos armados que atuaram no roubo, mantendo os funcionários da fazenda sob forte ameaça.

Leia mais:  Crédito de R$ 200 mil para serviços cartorários viabilizará escrituração de área do aeroporto

O assalto à fazenda rendeu um prejuízo equivalente a 180 toneladas de soja, num desfalque superior a R$ 500 mil (mais de meio milhão de reais). As polícias Civil e Militar já trabalham no caso.

(*) Foto topo ilustrativa

publicidade

Cidades & Geral

Feira do Centro oferece duas atrações típicas do Brasil e valiosas para a saúde e a culinária

Publicado

Domingo, como reza a tradição, é dia de Feira em Tangará da Serra. E dois produtos muito atrativos na Feira do Produtor do Centro são as castanhas de caju e do Pará. As duas são alimentos saudáveis e compõem receitas extraordinárias, como nos links ao final do texto.

A castanha-do-pará é rica em proteínas, fibras, selênio, magnésio, fósforo, zinco e vitaminas do complexo B e vitamina E. Também fornece antioxidantes ao organismo, promovendo a diminuição do colesterol total. Melhora o sistema imunológico e ajuda a prevenir alguns tipos de câncer, como de mama, próstata e cólon.

Contribui para a saúde do cérebro e mantém o cabelo e as unhas saudáveis. Reduz a pressão alta, ajuda a regular a tireoide e é excelente fonte de energia.

Já a castanha-de-caju vem do fruto do cajueiro e é rica em antioxidantes, gorduras boas e minerais. Ajuda a prevenir o desenvolvimento de doenças do coração e anemia, além de melhorar a saúde da pele, unhas e cabelo. Segundo especialistas, consumir cerca de 30 gramas de castanha de caju por dia é uma alternativa para complementar os nutrientes consumidos diariamente.

Leia mais:  Clubes de Serviço: Rotary de Tangará da Serra iniciam nesta quinta-feira as trocas de diretorias

Castanhas nos boxes

A castanha-do-pará oferecida na Feira do Centro é proveniente da região de Juína e de outras cidades e localidades da região norte do estado. Já a castanha de caju vem, principalmente, da região Nordeste do Brasil.

São comercializadas em vários boxes do setor de hortifruti, em especial nos boxes 16-C, de Elieder Santos; 21-A, de Francisco da Silva; 23-A, de Eliane Resende; e 42-A, de Elton Pereira.

Veja, a seguir, receitas com as duas castanhas:

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-do-para/

https://www.receiteria.com.br/receitas-com-castanha-de-caju/

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana