conecte-se conosco


Empresas & Produtos

Banco do Brasil e UBS confirmam acordo para criação de banco de investimentos

Publicado

O Banco do Brasil e o UBS informaram no início desta semana sobre a assinatura de um memorando de entendimento com a intenção de estabelecer parceria para prestar serviços de banco de investimento e de corretora de valores no segmento institucional no Brasil e em outros países da América do Sul.

Em nota à imprensa, os bancos indicaram que pretendem fornecer conjuntamente serviços no Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai por meio de uma parceria que teria acesso a base de relacionamento do BB no país e às estruturas globais de execução e distribuição do UBS.

O objetivo é que o UBS seja acionista majoritário (50,01%) da parceria, que seria estabelecida pela contribuição de ativos de ambas as instituições, de acordo com os termos e condições definitivos a serem estabelecidos em Acordo de Associação, ainda em discussão.

Segundo o BB, a parceria vai focar em serviços de banco de investimentos no Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. (Foto: Michael Melo/Metrópoles)

A UBS Group AG, vale lembrar, é uma empresa de serviços financeiros com sede em Zurique, na Suíça. É uma das principais empresas globais de gestão de fortunas, atuando como banco de investimentos, gestão e corretagem de valores mobiliários e de investimentos. Seus serviços são oferecidos a clientes institucionais, governos, grandes empresas e demais investidores privados de grande potencial.

Leia mais:  Unicred MT cria condições especiais para cooperados diante do cenário atual

A negociações entre BB e UBS já haviam sido ventiladas no início deste mês. Informações de bastidores indicavam negociações avançadas para formar uma joint-venture em banco de investimento, na qual o banco suíço seria majoritário para evitar problemas operacionais comuns em empresas estatais.

Segundo o BB, a parceria vai focar em serviços de banco de investimentos no Brasil, Argentina, Chile, Paraguai, Peru e Uruguai. A aliança teria acesso à base de relacionamento do BB no Brasil e às estruturas globais de execução e distribuição do UBS.

O banco estatal não deu mais informações sobre o acordo como detalhes financeiros ou prazos previstos para início da operação conjunta após a aprovação do acordo por autoridades regulatórias.

No início de setembro, as fontes afirmaram à Reuters que não se espera que haja pagamento no negócio.

Para o UBS, a vantagem de um acordo com o BB seria contar com a possibilidade de empréstimos da instituição em determinadas transações de banco de investimento, como financiamentos a aquisições. Neste caso, os créditos ficariam no balanço do Banco do Brasil e não no da joint venture, segundo uma das fontes.

Com sede na suíça, a UBS Group AG é uma das principais empresas globais de gestão de fortunas, atuando como banco de investimentos, gestão e corretagem de valores mobiliários e de investimentos. (Foto BTC/Real)

A joint venture no Brasil é um projeto aprovado pela executiva Ros Stephenson, que acabou de assumir o cargo de co-chefe de banco de investimento global do UBS com Javier Oficialdegui, numa reestruturação global do banco suíço, segundo uma das fontes.

Leia mais:  Madeira tratada: Bom negócio da floresta à construção, com ganhos ambientais e geração de empregos

O UBS tem ficado atrás de seus concorrentes americanos nos rankings de assessoria a fusões e aquisições e ofertas de ações no Brasil.

Segundo dados da Refinitiv, o UBS está em vigésimo primeiro lugar na assessoria a fusões e aquisições e em nono lugar na emissão de ações, neste ano até o início de setembro. O BB, não muito ativo em assessoria a fusões, está em décimo lugar no ranking.

Não é a primeira vez que o UBS tenta aumentar sua presença no mercado brasileiro. Em 2006, o grupo suíço comprou o controle do banco de investimentos brasileiro Pactual de seus sócios por 2,5 bilhões de dólares. Três anos depois, o banqueiro André Esteves comprou de volta o controle do banco com seus sócios por um preço similar, e mudou seu nome para BTG Pactual, hoje o maior banco de investimento independente da América Latina.

“BB e UBS entendem que a formação de uma parceria estratégica de longo prazo criaria, na região, uma plataforma relevante de banco de investimentos com cobertura global, que se bene?ciaria dos pontos fortes complementares do BB e do UBS. Espera-se que a parceria entregue a seus clientes soluções completas, além de trazer benefícios adicionais aos ‘stakeholders’”, disseram os bancos.

O estabelecimento efetivo da parceria depende da finalização das negociações entre as partes, da formalização de eventuais instrumentos vinculantes, bem como das aprovações internas e de todos os órgãos e instâncias competentes.

(Fonte: Reuters)

publicidade

Empresas & Produtos

DESTAQUE EMPRESARIAL: Ativos Contabilidade desponta no mercado com modernidade e gestão de resultados

Publicado

Na contabilidade moderna, cada detalhe é fundamental para manter o negócio na legalidade e para se ter sucesso no mercado. Isso requer tecnologia, atualização, treinamento constante e segurança da informação, num contexto que envolve assessoramento e orientação permanentes para uma correta tomada de decisão e obtenção dos melhores resultados.

(Assista vídeo institucional da Ativos Contabilidade ao final do texto) 

Presente no mercado desde 2009, a Ativos Contabilidade usa destas premissas para assegurar aos seus clientes segurança na gestão empresarial, eficiência e saúde financeira. Assim, num mercado altamente competitivo, a Ativos conquistou, uma vez mais, o prêmio Destaque Empresarial ACITS no segmento contábil.

A premiação foi conferida no mês de novembro pela Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra após pesquisa de mercado.

A premiação foi conferida no mês de novembro pela Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra após pesquisa de mercado com base no biênio 2019/2020. Com a conquista, a Ativos reprisa os êxitos obtidos em 2016 e 2018. Ou seja: foram três premiações em quatro temporadas, considerando que em 2020 a pandemia Covid-19 impediu a realização do evento.

Leia mais:  Celebrando 20 anos, Agrocat inaugura sua nova sede em Tangará da Serra

Diferencial

Nestes 12 anos operando no mercado, a Ativos saiu da antiga sede de 61 m² na rua São Paulo, no centro de Tangará da Serra, para um amplo e moderno prédio de 284 m² na Avenida Nilo Torres, no Parque Leblon. Conta com um quadro de 23 profissionais divididos em seis ‘times’ (equipes) que seguem uma metodologia diferenciada dentro de uma nova concepção de estrutura de negócios.

A metodologia da Ativos está fundamentada na gestão criativa e moderna combinada com treinamento contínuo em gestão de pessoas e gestão profissional.

A metodologia da Ativos está fundamentada na gestão criativa e moderna combinada com treinamento contínuo em gestão de pessoas e gestão profissional. Nesse formato, os resultados são percebidos a partir de um conceito de Contabilidade 360° (geral e societária), com agilidade e precisão em controle patrimonial, gestão de recursos humanos, escrituração fiscal, gestão tributária e BPO Financeiro. “Potencializamos resultados, transformamos a realidade financeira do cliente e ajudamos a conquistar objetivos, desburocratizando todas as áreas da empresa”, observa Eleandro Marcos, proprietário da Ativos ao lado da sócia e também contabilista Marcia Andrade.

Leia mais:  Unicred MT cria condições especiais para cooperados diante do cenário atual

A tecnologia está presente em todos os processos. A gestão dos dados e telefonia é em nuvem, permitindo o trabalho com acesso às informações de qualquer lugar do planeta.

E a tecnologia foi fundamental para que, mesmo no auge da pandemia, a Ativos mantivesse suas operações, expandindo ainda mais os negócios mesmo na adversidade do mercado. “Houve demandas importantes, com orientações sobre os decretos, nas questões trabalhistas, nas operações de crédito e, principalmente, na avaliação de cenários”, relatou Eleandro Marcos.

“Outro fator primordial está na gestão de pessoas, oferecemos aqui um ambiente de trabalho diferenciado moderno e integrado aos colaboradores além de benefícios e capacitação continuada para o desenvolvimento profissional e pessoal de toda equipe”, destaca Marcia Andrade.

Os clientes atendidos pela Ativos Contabilidade estão nos mais variados segmentos, em Mato Grosso e, também, nos estados de Alagoas, Paraná, Rondônia e São Paulo.

(Assessoria Especial)

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana