conecte-se conosco


Cidades & Geral

Área definida para Hospital Regional é a mesma que teve apontamento de sobrepreço

Publicado

Foi finalizado na manhã desta quinta-feira (16) a licitação na modalidade concorrência para aquisição da área a ser destinada ao Hospital Regional de Tangará da Serra. A área, ofertada pela Construtora Irmãos Lorenzetti, é a mesma (imagem acima) que estava em processo de aquisição pelo município, junto ao Anel Viário, e que teve denúncia de sobrepreço.

Abertura da proposta aconteceu na manhã desta sexta-feira, na sala de licitações da prefeitura de Tangará da Serra, com transmissão pelo Youtube.

A proposta da Construtora Irmãos Lorenzetti foi a única apresentada, com localização prevista pelo edital no quadrante Sul/Sudeste (MT-358/Anel Viário, entre a avenida Alvadi Monticelli e a Avenida Brasil – com preço admitido até R$ 75,00/m²). O preço proposto pela empresa no certame foi de R$ 74,99 por metro quadrado.

A empresa, além de ter sua proposta aprovada, também foi habilitada em sua documentação e consultas de regularidade.

Vele recordar que a denúncia de sobrepreço apontava um valor de R$ 75,00 (mesmo do edital), com até 50% acima do valor de mercado por metro quadrado, no processo de desapropriação e aquisição pela municipalidade.

Leia mais:  Licitadas e já com ‘LP’ e outorga, obras de captação do Sepotuba aguardam liberação para materiais

A área, de 60.025 metros quadrados, terá um custo de R$ 4.501.274,75. Está localizada às margens do Anel Viário, próximo ao Loteamento Ipanema. Após a documentação do imóvel, será imediatamente repassada ao Governo do Estado para viabilizar a construção da unidade hospitalar, orçada em R$ 75 milhões.

publicidade

Cidades & Geral

Barra do Bugres: Maternidade tem recursos de R$ 500 mil, com obras previstas para março

Publicado

As obras da maternidade pública de Barra do Bugres deverão iniciar no mês de março. Ao menos é esta a expectativa após o anúncio de uma verba do Estado, no valor de R$ 500 mil, que será assegurada através de emenda parlamentar.

A emenda parlamentar foi anunciada pelo deputado estadual Paulo Araújo (PP) durante reunião no auditório da Câmara Municipal com a prefeita de Barra do Bugres, Maria Azenilda Pereira (MDB), vereadores e secretários. Também participaram da reunião o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, e o presidente da Associação Comercial e Industrial de Barra do Bugres (ACIBB), Iandro Almicci.

A pauta da reunião foi a construção da maternidade de Barra do Bugres. O município, que não conta com nenhum hospital público ou privado, se obriga a encaminhar gestantes para partos em maternidade no município vizinho de Arenápolis, o que significa, também, aumento de custos.

Segundo o presidente do Conselho Municipal de Saúde, Marcos Aurélio da Silva, o projeto da obra já está em análise para que as obras tenham início o mais rápido possível, já que se trata de uma demanda urgente do município.

Leia mais:  Licitadas e já com ‘LP’ e outorga, obras de captação do Sepotuba aguardam liberação para materiais

Segundo informações do município, em se confirmando o depósito dos recursos prometidos pelo deputado, as obras terão início já em março próximo.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana