conecte-se conosco


Cidades & Geral

Após 30 anos: Primeira etapa da ZPE de Cáceres será entregue até junho pelo Governo de MT

Publicado

Após 30 anos de espera, a primeira etapa da Zona de Processamento de Exportação (ZPE) de Cáceres, que é a área administrativa, será entregue até o mês de junho deste ano pelo Governo de Mato Grosso. A obra, estimada em R$ 16 milhões, é realizada com recursos da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico (Sedec-MT).

(Assista vídeo ao final do texto)

A ZPE de Cáceres tem uma área de aproximadamente 240 hectares no Distrito Industrial do município. O projeto está dividido em cinco módulos, que são os lugares onde as empresas efetivamente se instalarão, e a área administrativa. A obra total possui cerca de 4 mil m².

Até o momento, o Governo do Estado já executou 80% da obra de construção dos oito blocos das unidades administrativas; e o Módulo I, que está localizado mais perto da administração da ZPE, está em fase de licitação pela Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra-MT).

Conforme o secretário de Desenvolvimento Econômico de Mato Grosso, César Miranda, a atual gestão assumiu a obra que estava paralisada e precisou refazer o projeto para atender a uma série de exigências legais.

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

“A ZPE vai possibilitar às empresas lá instaladas competirem de forma mais igualitária quanto às exportações e importações de produtos e será a grande mola propulsora do Oeste do Estado. Um espaço de expansão global enquanto instrumento de desenvolvimento econômico para o Estado”.

Importância da ZPE

As ZPEs são áreas de livre comércio com o exterior, destinadas à instalação de empresas voltadas para a produção de bens a serem exportados. A ZPE de Cáceres foi criada por meio de decreto presidencial em março de 1990, com a finalidade de reduzir desequilíbrios regionais, promover a difusão tecnológica e o desenvolvimento econômico, e aumentar a competitividade das exportações brasileiras.

(Secom-MT)

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Governador autoriza licitação do primeiro lote de pavimentação da MT-358, no Chapadão

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana