conecte-se conosco


Cidades & Geral

Alunos em pós-graduação da Unemat apuram perfil de saúde do agricultor em Tangará da Serra

Publicado

A saúde do agricultor é tema de estudos de um grupo de universitários em pós-graduação em nível de mestrado da Universidade do Estado de Mato Grosso (UNEMAT), em Tangará da Serra. Os trabalhos são realizados com levantamento de campo, tendo a Feira do Produtor do Centro como um dos locais para coleta de dado/informações.

O Programa de Pós-Graduação Interdisciplinar em Ambiente e Sistemas de Produção Agrícola (PPGASP) em nível de Mestrado Acadêmico, vinculado à subárea de Meio Ambiente e Agrárias, teve suas atividades iniciadas em 2011, no campus de Tangará da Serra.

A justificativa para criação do programa foi a necessidade de associar o desenvolvimento agrícola à conservação do meio ambiente, considerando os impactos da agricultura e pecuária nos biomas Pantanal, Cerrado e Amazônia, circunscritos nas bacias hidrográficas do Paraguai, Araguaia Tocantins e Amazônia, respectivamente.

Os pós-graduandos levantam junto aos agricultores dados como massa corporal, exposição solar e dados relacionados à saúde mental e, também, casos de alcoolismo e câncer de pele. “Vamos cruzar estes dados com as características climáticas da região”, informou a pós-graduanda em Enfermagem Isabella Ferrari.

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Em caráter interdisciplinar, o programa envolve pesquisadores de diferentes áreas do conhecimento, como Ciências Agrárias, Ciências Biológicas, Ciências Humanas e Ciências Sociais e Aplicadas, vinculados, além de Tangará da Serra, também aos campi de Alta Floresta, Cáceres e Nova Mutum. “Trabalhar com diferentes áreas de conhecimento decorre da natureza híbrida e complexa das problemáticas atuais, que requerem a combinação de diferentes referenciais teóricos e instrumentos metodológicos em torno de um objetivo comum”, explicou o coordenador do programa, professor Rivanildo Dallacort.

A responsabilidade do projeto é da professora Ana Cláudia Pereira Terças Trettel. Os trabalhos realizados no programa retornarão à sociedade em forma de conhecimento através da dissertação a ser realizada pelo grupo de pós-graduandos.

link do programa no site da UNEMAT: http://portal.unemat.br/?pg=site&i=ppgasp&m=apresentacao

 

publicidade

Cidades & Geral

Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Publicado

Uma forte e extensa massa de ar frio atinge o Brasil a partir de domingo (15) causando acentuada queda de temperatura em diversas regiões. A partir do dia (16), a massa de ar frio se desloca rapidamente pelo Sul avançando para áreas das regiões Centro-Oeste e Sudeste e, durante à noite, chega aos estados de Rondônia e Acre, causando o segundo episódio de friagem.

Em Mato Grosso, o frio poderá ser recorde a partir da noite de quarta-feira (18), com mínimas de 7°C na capital, Cuiabá, e de 5° C em Tangará da Serra. Na quinta-feira, os termômetros poderão apontar 4°C na cidade da Serra de Tapirapuã (Veja imagem abaixo).

A friagem deverá persistir por até uma semana, segundo previsões nos principais sites especializados em meteorologia do país, como o Clima Tempo, o Cptec/Inpe e o Inmet.

A figura a seguir, do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), apresenta a previsão de temperatura mínima no início da manhã dos dias 18 e 19 (quarta-feira e quinta-feira).
Tons em azul e roxo indicam áreas com previsão de temperatura mínima menor que 12°C. Destaque para áreas das Serras Gaúcha e Catarinense e no Planalto Sul do Paraná, sudeste de Minas Gerais e Serra da Mantiqueira onde as temperaturas deverão ser negativas.

Leia mais:  Meteorologia prevê onda de frio intenso no país; Tangará da Serra poderá ter mínimas de 5°C

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana