conecte-se conosco

Agronegócio & Produção

11ª Jornada Técnica: Evento abordará doenças da soja, gestão de propriedades, agricultura digital e perfil profissional

Publicado

A 11ª Jornada Técnica, que acontece nos dias 14 e 15 de fevereiro, proporcionará uma gama de informações e análises da safra de soja 2019/2020. O evento, promovido pela Agrodinâmica Pesquisa e Consultoria Agropecuária na Estação Experimental da empresa, em Deciolândia, reúne grande expectativa entre produtores rurais, profissionais da área técnica, acadêmicos e estudantes de cursos técnicos.

As programações nos dois dias do evento iniciam cedo, logo às 07hs, com o credenciamento e café. Logo em seguida, a partir das 07h30, ocorrem as visitas a campo. Serão cinco estações com apresentações de cultivares, ensaios sobre doenças diversas, técnicas de manejo e novas coberturas de solo, além de áreas demonstrativas de empresas expositoras.

Jornada Técnica acontece em sua 11ª edição, na Estação Experimental da Agrodinâmica, em Deciolândia.

Já as palestras ocorrerão na segunda metade da manhã, a partir das 10h30. Primeiro, na sexta e no sábado, será apresentado o painel “Panorama das Doenças na Safra 2019/2020 nos Cerrados – Desafios na Sustentabilidade da Cultura da Soja”, pelos doutores Nédio Tormen, da Phytus; Eder Moreira, da Fitolab; Luis Carregal, da Agrocarregal; e pelo pesquisador, consultor e engenheiro agrônomo Valtemir José Carlin, da Agrodinâmica.

Leia mais:  Para ouvir: Ricardo Arioli estreia no Enfoque Business com “Momento Agrícola”

Na sexta-feira, o Senar/MT – um dos patrocinadores do evento – aborda o tema “Gestão de Propriedades Rurais”, através de palestra ministrada pelo instrutor do órgão Roberson Passos. Logo após, o doutor Leandro Gimenez, da Esalq/USP, ministra palestra com o tema “Agricultura Digital – Desafios e Oportunidades – Um Olhar Crítico”.

No sábado, além do painel “Panorama das Doenças”, haverá palestra sobre “Perfil do Profissional de Agronomia para o Mercado Atual, com Mariusa Zago, da Unicampo, de Maringá-PR.

Inscrições

Informações sobre programação e inscrições para a 11ª Jornada Técnica no site da Agrodinâmica (link: https://agrodinamica.net.br/11a-jornada-tecnica/), ou diretamente na empresa, com sede na Avenida Mauá nº 309 – Cidade Alta, em Tangará da Serra (telefones 65 3326-1008, 3329-1127 e 99962-3366.

Além dos ensaios nas estações a campo, palestras e painéis serão destaque no evento.

publicidade

Agronegócio & Produção

Momento Agrícola: Nova exportação de DDGs do MT, etanol, MP do Agro e risco de impacto de R$ 12 bi são destaques

Publicado

A edição deste final de semana do Momento Agrícola traz, como sempre, novidades e importantes informações sobre setor produtivo. O programa, veiculado pela cadeia rádios do Agro, é produzido e apresentado pelo engenheiro agrônomo, produtor rural e consultor Ricardo Arioli.

DDGs de Mato Grosso

Ricardo Arioli produz e apresenta o Momento Agrícola

O Porto de Paranaguá concluiu na última terça-feira (18) o segundo carregamento para exportação de DDGs, derivado do processamento do milho para a fabricação de etanol. O primeiro embarque aconteceu em dezembro último, no mesmo porto.

O navio M.Emir Aksoy é o transportador do produto produzido em Sinop, no Mato Grosso, pela Inpasa Agroindustrial S.A. A empresa chega a processar 3,6 mil toneladas de milho por dia, produzindo 1,5 milhão de litros de etanol e mil toneladas de DDGs diariamente.

Etanol

Enquanto isso, nos Estados Unidos, a meta de inserção no mercado de biocombustível para transportes foi fixada em 30% até 2050. Atualmente, o biocombustível participa de 10% do mercado americano, com meta para 2030 estabelecida em 20%. A nova meta irá triplicar a produção de milho nos EUA.

Leia mais:  Visitantes norte-americanos se impressionam com cuidados ambientais nas propriedades de Mato Grosso

Ainda sobre etanol, Ricardo Arioli destaca a que o governo federal irá insistir na mudança da tributação de ICMS. O presidente Jair Bolsonaro quer reduzir a carga do tributo sobre esse combustível. Outra insistência do governo será em relação à venda direta do etanol das usinas para os postos, eliminando as distribuidoras (atravessadoras) e, assim, reduzindo o preço ao consumidor.

MP do Agro

O Momento Agrícola também destaca a MP do Agro, aprovada dia 18 na Câmara Federal e que agora será votada pelo Senado. A MP poderá ampliar a oferta de crédito para atividade agropecuária em até R$ 5 bilhões, a juros mais baixos.

Ainda sobre crédito rural, Arioli destaca a disponibilização pelo Banco do Brasil de R$ 15 bilhões para custeio da safra 2020/2021. Os contratos serão assinados com juros a partir de 6% ao ano. “Ainda é um juro alto, se formos considerar os atuais 4,25% da Selic, mas ainda assim poderá haver vantagens em negócios à vista”, destaca o apresentador. Estes juros, ainda segundo Arioli, poderão baixar, mas somente quando do anúncio do Plano Safra, em julho.

Leia mais:  Para ouvir: Ricardo Arioli estreia no Enfoque Business com “Momento Agrícola”

Impacto

O Momento Agrícola também abordou o impacto financeiro que será gerado principalmente sobre pequenos produtores caso o STF acate a Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN) proposta pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) contra a isenção sobre defensivos agrícolas. Se a ação for deferida pelo STF, os produtores rurais – em sua maioria familiares/pequenos –  terão de suportar um impacto de R$ 12 bilhões sobre a produção, o que inviabilizaria várias culturas brasileiras.

Outras

O Momento Agrícola também traz informações sobre o Show Safra 2020, o novo Centro de Pesquisas em Biológicas da Esalq/USP, as inovações da Embrapa e a Famato Embrapa Show 2020.

Para ouvir o Momento Agrícola  na íntegra clique abixo:

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana