conecte-se conosco

Saúde Pública

Coronavírus: Em calamidade e com 07 casos, MT figura entre os 10 estados com menor contaminação

Publicado

Em boletim divulgado ontem à tarde, o Ministério da Saúde atualizou os números oficias da pandemia COVID-19 no país. Neste números, Mato Grosso aprece com 07 casos de contaminação, sendo o último confirmado no município de Nova Monte Verde, de uma mulher que visita a cidade.

(*) Veja, ao final do texto, tabela com os números do Ministério da Saúde

Mato Grosso figura entre os dez estados com menor número de casos de contaminação confirmados, ao lado de Amapá (01), Roraima (02), Rondônia (03), Pará (05) e Tocantins (07), na região Norte; Paraíba (03), Piauí (06), Alagoas (07) e Maranhão (08), no Nordeste.

No Centro-Oeste, os estados que mais possuem casos confirmados são Goiás (27) e Mato Grosso do Sul (23), além do Distrito Federal, com 160 contágios.

No outro extremo da pandemia em território nacional, as maiores preocupações estão nos estados de São Paulo (810 casos e 40 óbitos), Rio de Janeiro (305 casos e 06 óbitos) e Minas Gerais (130 casos), na região Sudeste; Ceará (182 casos, sem óbito), na região Nordeste e o próprio Distrito Federal.

Leia mais:  Coronavírus: Boletim mostra quadro inalterado de ontem para hoje em Tangara da Serra

O Ministério da Saúde informou em seu último boletim que o país soma 2.201 casos confirmados de contaminação pelo COVD-19. Na tabela divulgada pelo Enfoque Business, porém, os casos somam 2.199 casos. O quadro divulgado pelo Ministério possui uma distorção entre os números de casos de cada estado da região Nordeste e a sua totalização, que seria 352 casos, e não os 354 divulgados pela pasta.

Calamidade

O governador Mauro Mendes decidiu decretar estado de calamidade pública em Mato Grosso, como medida necessária para combater o coronavírus no estado. Os detalhes da medida serão editados e divulgados nesta quarta-feira (25), durante a reunião com o Gabinete de Situação, montado para monitorar a epidemia.

Mendes: “Medida permitirá aos municípios adotarem as providências cabíveis em cada região”.

A decisão em decretar a calamidade foi tomada como forma de auxiliar os 141 municípios do Estado, que precisam adotar uma série de ações contra a pandemia. Com esta decisão, os prefeitos conseguem mais flexibilidade e menos burocracia para dar cabo das medidas urgentes que a luta contra o coronavírus exige. “Essa é uma medida que vários estados brasileiros estão fazendo. A partir daí, os municípios poderão adotar as providências cabíveis em cada região”, explicou o governador.

Leia mais:  ÚLTIMA HORA: Tangará da Serra tem um paciente com suspeita de coronavírus internado em ENFERMARIA

publicidade

Saúde Pública

Com 13,7 mil casos e 667 mortes, Brasil é o 14º país mais afetado pela COVID-19; MT registra 78 infectados

Publicado

O Ministério da Saúde contabilizou, nesta terça-feira (07), 667 mortes causadas pelo novo coronavírus. Os casos confirmados de Covid-19 em todo o país chegam a 13.717. Nas últimas 24 horas, foram notificados 1.661 novos casos (13,78% a mais), incluindo 114 mortes (20,61%) pela doença. Mais uma vez, o ministério não informou o número de pacientes curados.

(*) Ao final do texto, veja quadro completo com os números por estado

Há pessoas infectadas em todos os estados brasileiros. Só Tocantins não registrou nenhuma morte por Covid-19. São Paulo e Rio de Janeiro continuam com os maiores números de óbitos e casos confirmados. A taxa de letalidade da Covid-19 no Brasil é de 4,9%, abaixo da média mundial: 5,67%.

Em Mato Grosso, dados oficias revelam dois novos casos confirmados de COVID-19. O estado, que ontem tinha 76 casos, passa a ter 78, ainda com um único óbito.

Em Tangará da Serra, o quadro de infectados segue inalterado, com quatro casos confirmados. Entre os 76 casos já notificados, sete foram descartados, restando, portanto, 65 casos suspeitos. O município não possui pacientes internados com a COVID-19.

Leia mais:  Coronavírus: Boletim mostra quadro inalterado de ontem para hoje em Tangara da Serra

Quadro global

Com os novos números do coronavírus revelados no boletim do Ministério da Saúde desta terça-feira, o Brasil se configura no 14º país com mais casos de infecção pela COVID-19. Em número de mortes, o Brasil figura em 12º lugar. (Veja foto no cabeçalho da matéria)

A taxa de letalidade entre os infectados brasileiros – 4,9% – é a 8ª entre todos os países, enquanto a taxa de mortalidade por cada grupo de 100 mil habitantes – 0,3 – é a 16ª.

Os Estados Unidos é o país com maior número de casos no mundo (367,6 mil e 10,9 mil mortos), com taxa de letalidade de 3%. Em seguida, vem a Espanha, com 140,5 mil casos e 13,7 mil óbitos, numa taxa de letalidade de 9,8%.

Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana