conecte-se conosco

Empresas & Produtos

Anolis Coworking reforça o conceito de economia compartilhada em Tangará da Serra

Publicado

O conceito de economia compartilhada está chegando em Tangará da Serra para ficar, criar novas oportunidades de negócios e revelar uma nova postura de profissionais de várias áreas.

Na cidade já são ao menos quatro espaços de coworking que permitem a profissionais de diversos segmentos compartilharem um ambiente com conforto, segurança e que oferece todos os ativos de um escritório convencional, porém a um custo consideravelmente menor.

A Anolis Coworking é o novo espaço, idealizado pelas empreendedoras Andreia Goulart, Eloísa Garcia e Miriam de Oliveira. Está localizado na rua Benedito Pereira de Oliveira – a Rua 05, n° 592-W (quadra posterior à antiga delegacia), Centro de Tangará da Serra. O telefone de contato é (65) 9 9943-7303 (e-mail: anoliscoworking@gmail.com). “Estamos seguindo a tendência de que os consumidores passem a dividir o uso dos produtos e serviços que acessam”, explica Eloísa Garcia, revelando que a ideia de montar a Anolis surgiu ao final de 2019, quando ela, Miriam e Andreia decidiram dividir o aluguel de um espaço para os seus negócios. (No vídeo ao final da matéria, a advogada contratualista Lauren Juliê esclarece o conceito)

As empreendedoras que criaram a Anolis Coworking: Nova tendência.

O espaço funciona desde 24 de fevereiro, e oferece aluguel de escritório completo e compartilhado com sala de atendimentos, estação de trabalho, internet wifi, impressora e sala de treinamentos mediante aluguel mensal, diário, por período ou por hora.

Espaço está localizado na rua Benedito Pereira de Oliveira – a Rua 05, n° 592-W, no Centro.

A Anolis também proporciona oportunidades de convívio profissional que podem render novos negócios. Neste contexto, a Anolis já compõe um ambiente com recursos humanos, coaching, planejamento de eventos, treinamentos de habilidades comportamentais, estratégias de posicionamento de negócios, gestão da qualidade, finanças, fotografia, engenharia de segurança no trabalho, engenharia de produção, engenharia civil, arquitetura e paisagismo, além de pesquisa de satisfação de clientes.

Leia mais:  TratorTecMaq comercializa semeadeira para grão miúdo da Picetti em Tangará da Serra e região

Novo conceito

Coworking incorpora o moderno conceito de economia compartilhada, que tem por objetivo permitir que as empresas mantenham sua capacidade produtiva e comercial através da interação com outras áreas e outros parceiros que, antes, não eram considerados nos modelos econômicos.(Ao final da matéria, assista vídeo sobre economia compartilhada)

O compartilhamento torna-se uma forma eficaz de racionalizar o uso de produtos e serviços. Assim, a economia compartilhada acaba por desenvolver novos hábitos de consumo (mudanças no comportamento dos clientes) e novos modelos de negócios (transformações tecnológicas e novas abordagens). A tendência é que os consumidores passem a dividir o uso dos produtos e serviços que acessam, num ambiente de consumo colaborativo e não exclusivo.

Este sistema já é muito forte em países desenvolvidos e já movimenta números importantes na economia global, tanto que a estimativa para cinco anos (até 2025) é de que esta movimentação se aproxime dos US$ 340 bilhões. Na Europa, por exemplo, o conceito cresce cada vez mais, com o comportamento consumista sofrendo progressivas alterações.

Em Tangará da Serra, um exemplo clássico e de quase duas décadas de economia compartilhada é a Feira do Produtor do Centro.

Em Tangará da Serra, um exemplo clássico e de quase duas décadas de economia compartilhada (e coworking) é a Feira do Produtor do Centro. Mais recente, a cidade também conta a Feira do Produtor da Vila Alta. Nelas, os feirantes comercializam seus produtos usufruindo do mesmo espaço, com energia elétrica, água, banheiros e toda a infraestrutura necessária. Bom para os feirantes, bom para o consumidor. Ótimo para a economia local.

Pilares

Como todo modelo inovador, existem pilares que garantem o sucesso da economia compartilhada. O primeiro deles é a tecnologia, afinal, os sistemas tecnológicos tendem a unificar atividades, processos, comportamentos, através de plataformas, aparelhos móveis, sistemas de pagamentos, gerenciamento de contas, redes sociais, grupos virtuais e outras coisas.

O aspecto econômico vem a seguir. As mudanças no campo econômico são inúmeras, mas no caso da economia compartilhada podem ser destacadas a tendência à unificação monetária, a monetização do estoque, a maior flexibilidade financeira (como o cartão de crédito e a moeda digital), capital de risco abundante, acesso preferível à aquisição (não é preciso adquirir um produto, mas ter acesso a ele), o que elimina a imobilização de capital e amplia o giro financeiro.

Leia mais:  Banco do Brasil e UBS confirmam acordo para criação de banco de investimentos

O outro pilar está nas características da nova sociedade, que incluem a densidade populacional elevada, o desenvolvimento do conceito de sustentabilidade (sociedade integrada ao meio ambiente) e uma maior necessidade e desejo de solidarizar experiências, bens e serviços,

Benefícios

A economia compartilhada resulta em muitos benefícios, a começar pelo surgimento de novos modelos de negócios e novas oportunidades de emprego e trabalho. A isso se somam as melhores relações de consumo, preços mais justos e transparência nos negócios, entre outras inúmeras vantagens, como a otimização da aprendizagem entre diferentes profissionais que ocupam um mesmo espaço (exemplo do coworking).

Marcas famosas

Entre as empresas famosas que utilizam com sucesso o novo conceito, estão:

Uber – Serviço de transporte voltado para carona/compartilhamento de viagens. Em Nova Iorque, ele já chegou a ultrapassar os táxis. O cliente se cadastra no aplicativo Uber, conecta-se a um motorista e fica ciente imediatamente do preço da carona.

Airbnb – Sistema de aluguel de acomodações através de recursos digitais, como computador, tablet ou celular. As acomodações podem ser grandes ou pequenas, por longo, médio ou curto prazo e em qualquer parte do mundo.

Unicaronas – Site pioneiro em economia compartilhada, pertencente à Universidade Estadual de Campinas. Permite que os alunos melhorem o relacionamento entre si, combinem pontos de encontro e avaliem as habilidades dos colegas motoristas.

Bliive – Sistema que permite que o usuário dê aulas sobre determinado assunto e, como gratificação, receba aulas sobre assuntos que aprecia ou precisa conhecer.

Toyota – Empresa famosa que está alugando carros de determinadas concessionárias.

Citibank – Instituição financeira que, em Nova Iorque, patrocina um programa de compartilhamento de bicicletas.

(Redação EB, com informações de Desk Coworking)

(*) Veja vídeo sobre Coworking

(*) Veja vídeo sobre Economia Compartilhada

 

publicidade

Empresas & Produtos

Unicred MT cria condições especiais para cooperados diante do cenário atual

Publicado

Num momento em que empresas e pessoas pedem medidas emergenciais para enfrentar os efeitos econômicos do novo coronavírus (COVID-19), a Unicred Mato Grosso criou um pacote de soluções financeiras para os cooperados.  
 
Entre as medidas, a cooperativa disponibizou todas as linhas de crédito para eventuais problemas com fluxo de caixa. Reduziu a taxa do crédito pré-aprovado em até 30%, conforme demanda dos perfis que se enquadram, e prorrogou em até 90 dias o vencimento das parcelas dos cooperados adimplentes para que consigam sair da crise e voltar a produzir. 
 
Além disso, foi criada a linha de crédito Produção Médica Pessoa Física para os cooperados das Unimed’s, garantindo o adiantamento da média de produção dos médicos, visando auxiliar os profissionais no fluxo de caixa para o período. 

Presidente da Unicred MT, Ronivaldo Lemos: “A cooperação nos une agora mais do que nunca”

“Essas medidas são de extrema importância nesse momento onde a economia vai sofrer em decorrência do estado de calamidade pública. Queremos estar cada vez mais próximos dos cooperados, com o atendimento que eles necessitam. Todas as medidas são analisadas, caso a caso, de acordo com a particularidade de cada um. Nossos gerentes estão capacitados e orientados para prestar a consultoria necessária. A cooperação nos une agora mais do que nunca”, afirmou o presidente da Unicred MT, Ronivaldo Lemos. 
 
Segundo ele, é importante que o cooperado saiba que pode contar com a Unicred MT em todos os momentos, e que a cooperativa estará ao seu lado. “Com essas medidas, esperamos contribuir para que os cooperados passem com mais tranquilidade pela atual situação econômica. Nosso objetivo é ser a sua principal instituição financeira e atender naquilo que necessitar”, completou Lemos. 
 
A cooperativa também está reforçando sua atuação nos canais digitais Internet Banking e aplicativo Unicred Mobile para que os cooperados possam realizar as transações financeiras com praticidade. Em todos os municípios onde possui agência, os cooperados também podem optar pelo atendimento remoto ou com agendamento, com horário reduzido, das 10h às 13h.
 
Fotos: Assessoria

Leia mais:  Hoje: Habilidades comportamentais são tema de evento voltado a profissionais e empreendedores
Continue lendo

Envie sua sugestão

Clique no botão abaixo e envie sua sugestão para nossa equipe de redação
SUGESTÃO

Empresas & Produtos

Economia & Mercado

Contábil & Tributário

Governo & Legislação

Profissionais & Tecnologias

Mais Lidas da Semana